falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

RNP formaliza consórcio que administrará Infovia 00 - Consecti

Notícias
02 agosto 2022

RNP formaliza consórcio que administrará Infovia 00

Com duas empresas a menos do que o antecipado, foi formalizado na última sexta-feira, 29, o Consórcio Aberto do Operador Neutro da Infovia 00, projeto piloto do programa Norte Conectado do Ministério das Comunicações (MCom). A assinatura do contrato foi com a RNP.

Passam a integrar o consórcio seis empresas: Telefônica (Vivo), Wirelink, Br.Digital, ICOM Telecom, SEA Telecom e Aquamar. Agora, as seis empresas compartilharão a operação e manutenção da infraestrutura de fibra óptica subfluvial que conecta os municípios de Macapá (Amapá), Almeirim, Monte Alegre, Santarém e Alenquer (Pará).

A Infovia 00 é a primeira fase do programa. e contou com cerca de R$ 90 milhões de investimento. A maior parte dos recursos é oriunda do Ministério das Comunicações (MCom). Há repasses dos ministérios da Educação (MEC), da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e de emenda da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal.

No final de setembro do ano passado, a operação do primeiro trecho do Norte Conectado tinha qualificado, além das que formalizaram o Consórcio, as empresas Simplex Informática, CTE Telecom e a Radiante. No entanto, elas não formalizaram a parceria.

As seis empresas assumem o compromisso de operar e manter o cabo de fibra óptica e os equipamentos, inclusive aqueles já utilizados pela RNP – detentora da infraestrutura. Será levada conectividade a instituições de ensino e pesquisa, hospitais, centros de saúde e unidades do poder judiciário, de modo que o setor público não terá custos para a manutenção do serviço, segundo a entidade.

Em contrapartida, cada uma das consorciadas terá disponível um par de fibra óptica para explorar comercialmente a capacidade, seja por meio da venda de pacotes a usuários finais ou compartilhando a infraestrutura com outras companhias. As empresas deverão instalar as próprias redes nas cidades.

Infovia 00

A rede de infraestrutura subfluvial (backbone) que levará conexão de Internet à população tem um cabo de 24 pares de fibra óptica com 770 km de extensão. Além disso, conta ainda com caixas de ancoragem de terminação do cabo óptico subfluvial; pontos de presença em datacenters modulares em contêineres; e um sistema DWDM instalado e pronto para uso, com possibilidade de até 40 canais ópticos. Cada um desses canais tem capacidade de 100 Gbps. Aproximadamente, 1 milhão de pessoas devem ser beneficiadas pela iniciativa.

Fonte: TI Inside