falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Pesquisa desmistifica o que brasileiros pensam sobre o Metaverso - Consecti

Notícias
29 março 2022

Pesquisa desmistifica o que brasileiros pensam sobre o Metaverso

Um dos principais temas que tem ganhado força no mundo tech é o Metaverso. E, depois de que o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou a mudança do nome de sua rede social para Meta, o interesse em torno desse novo termo, obviamente, aumentou. O Metaverso é uma tendência chamada, por muitos especialistas, de “próximo capítulo da Internet”, ou seja, um mundo virtual onde as pessoas terão a chance de viver nele, na pele de seu avatar digital, interagindo com outros usuários para socializar, trabalhar, fazer compras, ter uma casa.  

Para desmistificar o tema, a empresa de pesquisas de mercado por chatbots OnTheGo realizou o estudo “Descomplicando o Metaverso – O que os brasileiros acham do Metaverso”, a partir de uma pesquisa realizada com 400 pessoas com acesso à Internet, de todo Brasil, pertencentes às classes A, B, C e D. O resultado foi surpreendente: mais da metade dos brasileiros dizem estar familiarizados com o termo Metaverso (56%). Entretanto, apenas 60% conseguiram definir corretamente o Metaverso como sendo “um mundo virtual gerado por computador onde as pessoas podem socializar, trabalhar e jogar”. 

Por outro lado, 12% dos entrevistados disseram acreditar que o Metaverso se trata de “uma grande empresa de tecnologia que está desenvolvendo novos serviços para Internet”, sendo que esses respondentes integram os 10% da parcela que declara familiaridade com o tema. De novo, Zuckerberg mostra que a estratégia do Facebook de mudar o nome da empresa para Meta pode ser a responsável por essa associação.  

Já a visão sobre o Metaverso, em geral, é bastante positiva. O público acredita que a tecnologia irá alterar de forma definitiva como interagimos na Internet: 72% dos entrevistados acreditam ser “o futuro da tecnologia”, enquanto 70% dizem ser “uma tendência que irá crescer cada vez mais”. Por fim, 65% dos entrevistados acreditam se tratar da “evolução natural da Internet”. 

Curiosidade, animação e otimismo são os sentimentos que predominam entre os entrevistados quando falam do Metaverso  

A pesquisa também revela os sentimentos despertados pelos entrevistados sobre o Metaverso. A curiosidade foi mencionada por 36% das pessoas, seguida de “animado” em segundo lugar, com 25%, e “otimista” com 22%. Apenas 2,5% dos entrevistados disseram se sentir “sem interesse” em relação ao novo mundo digital.  

Os brasileiros também acreditam que o Metaverso estará presente na maioria das atividades do nosso cotidiano. Há praticamente um empate entre os que acreditam que a tecnologia impactará mais as atividades do dia a dia (45%), atividades de socialização, cultura e lazer (47%) e investimentos (45%). 

Outro ponto de destaque da pesquisa é que a maioria das pessoas (59%) diz não acreditar que o Metaverso é um local exclusivo para empresas de tecnologia, o que pode significar uma oportunidade para marcas de diversos segmentos. E, finalmente, 22% acreditam que o  mundo digital é  “uma alternativa melhor do que a realidade” e 16% que “não (é) tão boa quanto a realidade”. 

Para saber mais sobre a  pesquisa acesse aqui. 

Fonte: TI Inside