falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Mercado de tecnologia para o campo prevê crescimento de 16% ao ano - Consecti

Mercado de tecnologia para o campo prevê crescimento de 16% ao ano - Consecti

Notícias
21 setembro 2022

Mercado de tecnologia para o campo prevê crescimento de 16% ao ano

O mercado global de agricultura digital deve ter um crescimento médio de 15,9% ao ano até 2026, quando atingirá o valor de US$ 8,33 bilhões (ou R$ 46,6 bilhões), segundo a consultoria 360 Research & Reports. A expectativa leva em consideração o avanço das inovações e a consequente popularização do uso de soluções tecnológicas. São cada vez mais opções para auxiliar o produtor e o gestor rural no seu dia a dia, em todas as etapas do ciclo de produção: desde a preparação do plantio e da colheita até a logística de transporte da matéria-prima e a análise de resultados.

Através de softwares e hardwares que integram a cadeia do agronegócio, é possível maximizar a produtividade e reduzir os custos, obtendo mais lucro e trabalhando de forma mais sustentável”, afirma Bernardo de Castro, presidente da divisão de Agricultura da Hexagon, empresa que desenvolve soluções tecnológicas para os setores agrícola e florestal.

A pesquisa da 360 Research & Reports aponta que a pandemia contribuiu para acelerar ainda mais essa tendência de digitalização no agronegócio. “A crise sanitária afetou a produção e a demanda, impactando fortemente na economia mundial. Por conta disso, as empresas passaram a priorizar a otimização das operações, reduzindo eventuais impactos financeiros”, comenta Bernardo.

Atualmente, a guerra entre a Rússia e a Ucrânia também está trazendo consequências que afetam diretamente o agronegócio, como a dificuldade na exportação de fertilizantes. Nesse cenário, a adoção de tecnologias, mais uma vez, tem sido importante para driblar as altas nos insumos e reduzir o risco de desabastecimento em países importadores, como é o caso do Brasil.

Realidade brasileira

No Brasil, onde o agronegócio representa mais de 20% do Produto Interno Bruto (PIB), o investimento em soluções tecnológicas para o campo também vem aumentando. Não é à toa que, somente em 2021, o número de empresas da área de inovação agrícola cresceu em 40% — atualmente, a média é de abertura de uma agritech por dia.

Recursos como sensores, equipamentos de automação, softwares para agricultura de precisão e drones estão se tornando cada vez mais comuns.  “O ideal é que todas essas soluções atuem de forma integrada, envolvendo planejamento, análise, monitoramento e gestão dos processos que acontecem no campo”, reforça o presidente da divisão de Agricultura da Hexagon.

Hoje, segundo pesquisa liderada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), pelo menos 84% dos produtores e prestadores de serviços rurais fazem uso de alguma tecnologia digital em benefício da agricultura. Além disso, um levantamento realizado pela Fruto Agrointeligência apontou que a nova geração de produtores rurais está acelerando a transição tecnológica no campo, investindo pesado em inovações que vão da robótica à biotecnologia.

Fonte: Teletime