falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

MCom e ABDI discutem o futuro do projeto Conecta 5G - Consecti

Notícias
12 janeiro 2023

MCom e ABDI discutem o futuro do projeto Conecta 5G

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, recebeu o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, nesta quarta-feira, 11. Além da visita de cortesia para se apresentar ao novo ministro, o presidente da agência trouxe informações atualizadas sobre o projeto Conecta 5G, que entre outros propósitos busca a instalação de luminárias inteligentes (postes de iluminação) em cidades brasileiras. O equipamento abarca a quinta geração de dados móveis e permite a utilização de outras tecnologias, como câmeras de monitoramento e reconhecimento facial.

Até o momento, já foram instaladas cerca de 60 antenas nas cidades de Curitiba (PR), Sorocaba (SP), Ceará-Mirim (RN), Araguaína (TO) e Pato Branco (PR) – sendo que a última adquiriu os equipamentos com recursos próprios da prefeitura. As próximas luminárias deverão ser colocadas em pelo menos sete municípios dos estados de Pernambuco, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

O processo deve ser concluído até o fim do mês que vem. Também está prevista a instalação de 25 luminárias inteligentes com antena 5G integrada no Polo Industrial de Manaus (uma região que conta com mais de 500 indústrias), ainda neste trimestre.

Para o ministro, o Conecta 5G tem que ser continuado. “É uma iniciativa que ajuda na expansão da tecnologia pelo Brasil – uma das nossas prioridades. Então, vamos continuar apoiando”, garantiu. O presidente da ABDI agradeceu a manutenção do suporte e destacou a importância da pasta para o desenvolvimento do País. “O trabalho de vocês é essencialmente uma agenda econômica da maior relevância possível. Quanto mais expandirmos o 5G e a TV 3.0, maior será o efeito multiplicador na economia”, observou.

O projeto

O projeto Conecta 5G é uma iniciativa da ABDI com o Parque São José dos Campos e conta com apoio não só do MCom, mas também da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). É uma infraestrutura que pode agilizar a chegada da tecnologia 5G nas cidades, porque independe da adequação das legislações municipais à Lei Geral das Antenas. O investimento é de aproximadamente R$ 10 milhões.

Fonte: Teletime