falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Luis Fernandes volta ao MCTI como secretário executivo e Celso Pansera, ex-ministro, assume a Finep - Consecti

Luis Fernandes volta ao MCTI como secretário executivo e Celso Pansera, ex-ministro, assume a Finep - Consecti

Notícias
23 janeiro 2023

Luis Fernandes volta ao MCTI como secretário executivo e Celso Pansera, ex-ministro, assume a Finep

A ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação Luciana Santos anunciou a nomeação do professor Luis Fernandes para o cargo de secretário-executivo do MCTI A nomeação será publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União. Luis Fernandes também vai exercer, por delegação da ministra, a função de presidente do Conselho Diretor do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), missão relevante uma vez que o MCTI pode ter perdido cerca de R$ 4 bilhões do fundo na aprovação do orçamento 2023. Também fo anunciado o nome do ex-ministro de CTI Celso Pansera como novo presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Luis Manuel Rebelo Fernandes é graduado em Relações Internacionais pela Georgetown University, mestre e doutor em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro – IUPERJ. Possui larga trajetória acadêmica e experiência de gestão no setor público, tendo sido secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (de 2004 a 2007); presidente da Finep (de 2007 a 2011, e em 2015); diretor-científico da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro – FAPERJ (de 1999 a 2002); membro do Conselho Técnico-Cientifico – CTC da Capes (de 2018 a 2022); secretário-executivo do Ministério do Esporte (de 2012 a 2015); e coordenador do Grupo Executivo da Copa do Mundo 2014 (GECOPA) e do Grupo Executivo dos Jogos Olímpicos de 2016 (GEOLIMPÍADAS).

Atualmente, é diretor do Instituto de Relações Internacionais (IRI) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Do ponto de vista acadêmico, dedica-se à pesquisa de temas de Economia Política das Relações Internacionais, com destaque para os desafios da inovação e do desenvolvimento na Era do Conhecimento.

Formado em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e pós-graduado em Administração pela Universidade Cândido Mendes, Celso Pansera foi ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação de 2015 a 2016. Foi ainda presidente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (Faetec). Como deputado federal, presidiu a Comissão Especial de Crise Hídrica do Brasil e integrou diversas comissões da Câmara dos Deputados como Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; Educação; Cultura; e Fiscalização Financeira e Controle.

Pansera participou da criação e tornou-se secretário-executivo da Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br), lançada em maio de 2019 e que reúne entidades nacionais do setor, com o objetivo de preservar os recursos para a ciência. Foi ainda presidente o ICTIM – Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá.

Fonte: Convergência Digital (adaptada) com informações do MCTI