falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Inteligência Analítica é prioridade de investimento em TI no Brasil - Consecti

Inteligência Analítica é prioridade de investimento em TI no Brasil - Consecti

Notícias
27 maio 2022

Inteligência Analítica é prioridade de investimento em TI no Brasil

A Inteligência Analítica, que une BI, BA e CRM, é a grande aposta de investimento em TI das empresas no Brasil por conta da jornada à transformação digital, pontuou o professor Fernando Meirelles, responsável pela 33ª edição da pesquisa Uso da TI em empresas, conduzida pelo FGVcia, Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), divulgada nesta quinta-feira, 28/05.

“Inteligência Analítica é uma categoria nova e já desponta como prioridade de investimentos de TI, por unir análise de dados à inteligência artificial e a integração com o ERP”, diz Meirelles. Nesse segmento, a SAP tem liderança folgada com 24% ficando à frente da Oracle, com Totvs, Microsoft e Qlik, com 15%, IBM com 9% e outros com 6%.

Com a imposição do digital, exigência da pandemia de Covid-19, os aportes em TI se ampliaram. De acordo com o estudo, o investimento ficou em 8,7% em 2021, acima dos 8,2% de 2020. “É certo que investir em tecnologia passou a ser fundamental para quem quer sobreviver ao mercado impactado pela covid-’19 e as suas repercussões econômicas”, analisa Meirelles.

Na lista de investimentos, uma surpresa importante: as empresas entrevistadas estão dedicando recursos para viabilizar projetos de TI em apoio à política de ESG. “Até o ano passado, era uma minoria quem pensava em ESG. Mas agora a maior parte já descobriu que ESG sem TI não funciona e há um engajamento real da TI em viabilizar as ações de ESG”, relata o professor.

Também estão no rol de prioridades, Governança de TI, IoT – Internet das Coisas, Migração para a Nuvem, Segurança Cibernética e Software como Serviço. Sobre o 5G, Fernando Meirelles diz que a tecnologia, obviamente vai viabilizar o que hoje não funciona tão bem como poderia, mas o 5G ainda é distante, uma vez que a operação comercial não aconteceu. “Fica evidente que teremos uma conectividade muito melhor, mas temos de esperar ela ser real. Até agora são promessas”, pondera.

A Pesquisa levanta a participação no mercado dos fabricantes de 26 categorias de Software. A Microsoft continua dominando várias categorias no usuário final, algumas com mais de 90% do uso. Já os sistemas integrados de gestão (ERP) da TOTVS e da SAP têm 33% do mercado cada, Oracle 11% e outros 23%. A TOTVS lidera nas menores e a SAP nas maiores empresas.

Fonte: Convergência Digital