falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Fórum Econômico Mundial estabelece metaverso orientado a propósitos para enfrentar os desafios globais mais urgentes - Consecti

Fórum Econômico Mundial estabelece metaverso orientado a propósitos para enfrentar os desafios globais mais urgentes - Consecti

Notícias
18 janeiro 2023

Fórum Econômico Mundial estabelece metaverso orientado a propósitos para enfrentar os desafios globais mais urgentes

O Fórum Econômico Mundial, em parceria com a Accenture e a Microsoft, revelou nesta terça-feira, 17, em sua Reunião Anual 2023 um protótipo funcional de sua Global Collaboration Village (ou Aldeia de Colaboração Global, em português), um metaverso orientado a propósitos onde as organizações podem se reunir para aprender, criar soluções e agir sobre os desafios mais urgentes do mundo.

Com parceiros de 80 organizações líderes ajudando a moldar o desenvolvimento da ‘aldeia’, participantes de todo o mundo se juntaram ao Fórum em sua primeira sessão interativa e multilateral no metaverso.

“Com a Global Collaboration Village, estamos criando o primeiro aplicativo público da tecnologia do metaverso, construindo uma verdadeira aldeia global no espaço virtual. Apoiado por uma gama única de parceiros dos setores público e privado, o Village usará as capacidades de fronteira do metaverso para encontrar soluções para abordar os grandes problemas de nosso tempo de maneira mais aberta, inclusiva e sustentada”, disse Klaus Schwab, Fundador e Presidente Executivo do Fórum Econômico Mundial.

Julie Sweet, CEO da Accenture, acrescentou: “O metaverso mudará profundamente todas as partes de todos os negócios, unindo nossos mundos físico e digital e, com o tempo, permitirá que as empresas criem novos produtos e serviços de consumo inovadores, transformem suas e operações, e reimaginar a forma como colaboramos e trabalhamos.”

Brad Smith, vice-presidente da Microsoft Corporation, disse: “Acreditamos que o metaverso tem o potencial de mudar fundamentalmente a maneira como nos comunicamos e colaboramos, superando as limitações do mundo físico para oferecer conexões aprimoradas para todos. A Global Collaboration Village, desenvolvida pela Microsoft Mesh, é um excelente exemplo de como podemos usar a tecnologia do metaverso para reunir pessoas e comunidades de novas maneiras.

Sobre a Global Collaboration Village

A Global Collaboration Village aproveita o poder do metaverso para criar co-presença e conexão para um público mais diverso e fisicamente disperso. Com base na prova de conceito introduzida em maio de 2022 , este projeto inovador, construído na plataforma de realidade mista Microsoft Mesh , inclui um conjunto de espaços imersivos iniciais que podem ser acessados por headset VR ou laptop. Esses incluem:

• Uma prefeitura: O “Centro de Congressos Virtual” do Fórum para futuras sessões ou reuniões, como plenárias, workshops e bilaterais.

• Centros colaborativos: Espaços de colaboração virtual para narrativa imersiva e liderança de pensamento do Fórum, destinados a inspirar colaboração, aprendizado experimental e impacto no mundo real em questões globais. Por exemplo, em um centro oceânico virtual, os participantes podem mergulhar nas profundezas do oceano e explorar porquê e como os ecossistemas marinhos devem ser protegidos para preservar a vida na terra e na água.

• Campi das partes interessadas: os parceiros do fórum podem moldar sua presença, reunir suas partes interessadas e formar parcerias com outros para inovar e encontrar soluções para os desafios globais.

No próximo ano, o Fórum convidará organizações a construir nesses espaços imersivos para reforçar ainda mais o aprendizado, a colaboração e a parceria. O objetivo da iniciativa de fortalecer e reenergizar a cooperação internacional é guiado por quatro princípios: cooperação global para soluções compartilhadas; imersão interativa para promover melhor compreensão; ampla participação possibilitada por discussões inclusivas; e ação individual e coletiva como um catalisador para o impacto máximo.

Fonte: TI Inside