falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Expansão do Gesac deve incluir pelo menos 2 mil pontos com bandeira do Wi-Fi Brasil - Consecti

Expansão do Gesac deve incluir pelo menos 2 mil pontos com bandeira do Wi-Fi Brasil - Consecti

Notícias
09 dezembro 2021

Expansão do Gesac deve incluir pelo menos 2 mil pontos com bandeira do Wi-Fi Brasil

Anunciado nesta semana, o aditivo contratual do governo com a Telebras para expansão do programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) deverá permitir a ativação de pelo menos 2 mil novos pontos de Internet via satélite sob a bandeira Wi-Fi Brasil.

O programa do Ministério das Comunicações (MCom) se vale do mesmo contrato que habilita o Gesac, mas opera com uma marca diferente. Vale notar que com a expansão (fruto de um quinto aditivo contratual), o número de pontos previstos no Gesac passou de quase 15 mil para até 26,5 mil.

Enquanto o programa é focado em Internet para equipamentos públicos, o Wi-Fi Brasil poderá atender um leque mais amplo de localidades onde haja escassez de cobertura. Durante mensagem veiculada no Encontro Nacional Abrint nesta quarta-feira, 8, o presidente da República, Jair Bolsonaro, destacou a chegada da Internet via satélite em pontos turísticos de Fernando de Noronha (PE) a partir da bandeira.

Escopo

A expansão de mais de 10 mil pontos no Gesac após o aditivo com a Telebras foi vista como uma vitória dentro do MCom, que trabalhava no início com um quantitativo menor (apenas 2,5 mil novos pontos). A capacidade do programa é oriunda do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC).

Já a possibilidade de operadoras de satélite de baixa órbita (LEO) ingressarem em programas de Internet do governo é ponto que segue em aberto, uma vez que formalmente, não há parceria com empresas que se encontraram com o ministro Fábio Faria. O entendimento, contudo, é que o próprio Gesac não precisaria de ajustes para comportar players de LEO, mas apenas contratos específicos com eventuais operadores de serviço.

Fonte: Teletime