falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Entidades de TIC fazem carta aberta ao MCTI por técnicos na transformação digital - Consecti

Entidades de TIC fazem carta aberta ao MCTI por técnicos na transformação digital - Consecti

Notícias
17 janeiro 2023

Entidades de TIC fazem carta aberta ao MCTI por técnicos na transformação digital

Uma carta aberta assinada por diferentes entidades de TIC como ABES, Brasscom, Abinee, Abranet e Federação Assespro pede à Ministra Luciana Barbosa de Oliveira Santos, Ministra de Ciência Tecnologia e Inovação, que os futuros dirigentes da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Transformação Digital e da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação ‘tenham necessariamente uma formação e perfil técnicos e conhecimento prévio do funcionamento do ministério.’

“O desenvolvimento do Brasil não pode prescindir do letramento científico, da educação tecnológica, do fomento à pesquisa aplicada na produção de bens e serviços de base tecnológica. Nesse momento, a missão maior do MCTI de elevar os patamares de emprego em Ciência e Tecnologia para gerar riqueza a partir inovação e transformação digital e socialização do conhecimento, passa a ser tarefa de todos nós”, expressa a carta na sexta-feira passada à Ministra Luciana Barbosa de Oliveira Santos. Os novos executivos das secretarias não foram divulgados ainda pelo MCTI.

As Associações destacaram como positiva a mudança no organograma do ministério, com as novas secretarias de C&T para Transformação Digital e Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação”, uma vez que a divisão “contribuirá para a eficiência e eficácia das atividades do MCTI na revitalização da estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação”.

O documento enfatiza ainda o desejo das Associações signatárias de que os novos secretários continuem trabalhando “de forma harmoniosa e produtiva com todos os setores do ecossistema digital que, desde já, buscam continuar somando aos esforços do fortalecimento da economia do Brasil a partir do engajamento do tríplice hélice composta por Estado, Empresas e Academia”. Assinam a carta, ABES, ABIMDE, Abinee, ABPTI, Abradisti, Abranet, Acate, Anid, Anjos do Brasil, Brasscom, Federação Assespro e IBD.

Fonte: Convergência Digital