falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Em São Paulo, ministro discute ampliação de ações de monitoramento de desastres naturais - Consecti

Em São Paulo, ministro discute ampliação de ações de monitoramento de desastres naturais - Consecti

Notícias
03 fevereiro 2022

Em São Paulo, ministro discute ampliação de ações de monitoramento de desastres naturais

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes, participou na terça-feira (1º) de missão com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e outras autoridades na inspeção de localidades afetadas pelo grande volume de chuvas no estado de São Paulo.
Em encontros com prefeitos e representantes dos municípios afetados, o ministro debateu possíveis ações para aprimorar as atividades do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), unidade de pesquisa vinculada ao MCTI, na região.

A comitiva presidencial, que incorporou mais cinco ministros, sobrevoou as áreas de Francisco Morato, Franco da Rocha e Cajamar. “O tempo estava bastante desfavorável, mas pudemos verificar em voo alguns dos pontos atingidos”, explicou Pontes. O ministro lamentou a perda de vidas e ressaltou que o CEMADEN/MCTI emitiu alertas para a região e que houve a atuação da Defesa Civil, o que preveniu impactos ainda maiores.

“O CEMADEN/MCTI tem uma rede de sensores instalados pelo Brasil que fornece sinais e funciona 24h por dia, sete dias por semana”, lembrou. “O sistema emite alertas de enchentes e deslizamentos de terra, enviados para a Defesa Civil, que toma as atitudes ações adequadas incluindo a evacuação das populações quando necessário.” O ministro frisou, ainda, que desde a criação da unidade de pesquisa, houve uma melhoria considerável na prevenção de desastres naturais e uma grande redução na perda de vidas nessas situações.

De acordo com o ministro, em reunião com os prefeitos e representantes da região, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a tragédia e colocou o governo federal à disposição para disponibilizar recursos à medida que as prefeituras apresentem suas necessidades. No âmbito do MCTI, o ministro conversou sobre a ampliação da rede de sensores na área. “As prefeituras estão preparando um plano de prevenção que inclui desde obras para contenção até sensores a serem colocados em áreas de maior risco, de modo que a população possa ter avisos antecipados e possamos captar mais detalhes”, afirmou o ministro. “Do ponto de vista de prevenção, o trabalho do CEMADEN/MCTI será essencial.”

Fonte: MCTI