falecom@consecti.org.br
(61) 3702-1740

Editais promovem a cultura oceânica em escolas - Consecti

Notícias
10 maio 2023

Editais promovem a cultura oceânica em escolas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) lançou nesta terça-feira (9), em Santos, no litoral paulista, dois editais para promover a cultura oceânica em escolas brasileiras. O lançamento é uma parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

“O ministério se sente muito honrado em ser parceiro dessa iniciativa que tem propagado e aprofundado a necessidade e a consciência de como é importante mantermos os oceanos, os mares, os rios e as atmosferas e todos os ecossistemas saudáveis e para que possamos transmitir para as futuras gerações um ambiente mais tranquilo e mais feliz e harmônico”, disse Osvaldo Moraes, do Departamento para o Clima e Sustentabilidade do ministério.

Um dos editais é o Feira de Ciências – Escola Azul, iniciativa coordenada pela Maré da Ciência da Unifesp e que também conta com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que prevê fomento para trabalhos científicos sobre cultura oceânica ou ciência básica para estudantes que estejam cursando do ensino infantil ao médio ou técnico.

O edital, segundo o ministério, também contempla educação indígena, quilombola e de jovens e adultos. A inscrição deverá ser feita entre 1o de junho a 14 de novembro.

Os trabalhos contemplados serão apresentados durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em outubro. Haverá premiação de bolsas de apoio técnico para os professores e de iniciação científica júnior para os estudantes. Outras informações podem ser obtidas no site do Escola Azul.

Olimpíada do Oceano

Também foi lançado nesta terça-feira o terceiro edital para a Olimpíada do Oceano, que premia estudantes com 100 bolsas de iniciação científica júnior, com duração de dez meses. O edital prevê que 60% das bolsas serão destinadas a meninas. As inscrições podem ser feitas entre os dias 8 de junho e 9 de setembro.

Neste ano, a novidade é que, além da etapa nacional, haverá uma etapa internacional.

Outras informações sobre o edital podem ser obtidas no site da olimpíada.

Fonte: Agência Brasil