falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Dell e Intel apoiam projetos de educação, saúde e meio ambiente na Amazônia - Consecti

Dell e Intel apoiam projetos de educação, saúde e meio ambiente na Amazônia - Consecti

Notícias
17 março 2022

Dell e Intel apoiam projetos de educação, saúde e meio ambiente na Amazônia

Em parceria, a Dell Technologies, Intel e a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), anunciam um espaço que irá apoiar as pessoas de uma região em desenvolvimento na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Amapá, próximo ao município de Manicoré. Intitulado Dell Technologies Solar Community Hub, a unidade fica localizada na comunidade Boa Esperança (AM), que fica a 345km de Manaus, e disponibiliza atendimento de saúde por meio de telemedicina, monitoramento ambiental, acesso a habilidades de alfabetização digital e cursos para jovens e adultos.

O Solar Community Hub é movido totalmente por meio de energia solar, fornecendo acesso à internet, tecnologia e serviços que beneficiarão cerca de 1.500 pessoas residentes na comunidade Boa Esperança (AM), além de outras comunidades ribeirinhas e das etnias indígenas Mura, Tenharim e Apurinã.

O Solar Community Hub oferece:

• Acesso às habilidades de alfabetização digital às comunidades ribeirinhas locais e aos povos indígenas, alinhado às suas necessidades culturais e de aprendizagem locais;
• Treinamento de gestão de negócios alinhados às fontes locais de renda, como a produção e venda de castanha-do-pará, açaí e óleo de copaíba;

• Atenção à saúde por meio da conexão de telessaúde, formação de agentes comunitários de saúde, bem como monitoramento dos casos covid-19. Além disso, a FAS instalou um sistema de coleta de água da chuva para fornecer acesso à água potável para a comunidade.

Além da educação, capacitação e saúde, será implantado um Sistema de Alerta de Desmatamento do Imazon (SAD) para atividades de gestão territorial, que passará a identificar ocorrências de desmatamento ou degradação ambiental na região da Amazônia. Suportado por servidores da Dell Technologies, o Imazon SAD (Sistema de Alerta de Desmatamento) usa satélites para mapear áreas de desmatamento na Amazônia, trabalhando com agentes ambientais de base comunitária para identificar áreas de risco.

Os insumos desses monitores ambientais locais combinados com a tecnologia de IA (inteligência artificial) criarão modelos probabilísticos e geoestatísticos para prever locais de novo desmatamento no curto prazo com mais de 90% de precisão.

O projeto, que também conta com a Computer Aid International, Microsoft, como apoiadora educacional, e o Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), apoia o propósito da Dell em usar a sua tecnologia para alavancar iniciativas de saúde, educação e oportunidade econômica e entregar resultados duradouros para 1 bilhão de pessoas em todo o mundo até 2030, além do compromisso com o avanço da sustentabilidade ambiental.

“É com enorme satisfação que nós compartilhamos essa parceria com a Dell Technologies, possibilitando um hub que, por meio da energia solar e conectividade digital, vai permitir ações relacionadas à saúde via telemedicina, educação, apoio ao empreendedorismo e ao monitoramento ambiental”, destacou Virgilio Viana, superintendente geral da FAS.

“Além da importância do projeto em si, temos a partir desse hub uma perspectiva de ampliação, uma vez que essa é uma iniciativa que tem um potencial enorme de ser replicada em diversos pontos da Amazônia e, com isso, contribuir tanto para a redução do desmatamento quanto para a prosperidade e a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas e das populações indígenas da Amazônia”.

“Ninguém entende a Amazônia melhor do que a própria comunidade. Ao capacitar os líderes comunitários locais com as habilidades e tecnologia certas, podemos começar a abordar o desmatamento de maneira mais significativa”, afirmou Diego Puerta, Líder da Dell Technologies no Brasil. “O Dell Technologies Solar Community Hub na comunidade Boa Esperança (AM) é um grande exemplo disso. Estamos trabalhando com parceiros locais para apoiar o futuro crescimento social e econômico dessas comunidades ribeirinhas e indígenas”, completou o executivo.

Para a Intel, o projeto também vai de acordo com as metas 2030 da empresa, que dentre os desafios está a engajar indústrias, governos e comunidades para: revolucionar saúde e segurança com tecnologia; tornar a tecnologia totalmente inclusiva e expandir a prontidão digital.

Por isso, a empresa está destinando mais de R$ 420 mil reais pelo Programa IRTI (Iniciativa Tecnológica RISE da Intel), que destina US$20 milhões de dólares globalmente para ações de saúde, educação e recuperação econômica no mundo.

“Na Intel, dizemos que a tecnologia é para todos e o Solar Community Hub traz essa possibilidade de levar melhores condições para pessoas em situação mais vulnerável através da tecnologia. Esse é o segundo projeto apoiado pelo IRTI no Brasil em menos de um ano do programa, que tem como objetivo melhorar a vida das pessoas”, afirma Gisselle Ruiz Lanza, Diretora Geral da Intel Brasil.

“Estamos extremamente empolgados e orgulhosos de trabalhar em conjunto com a Dell Technologies, Intel e FAS para apoiar a comunidade de Boa Esperança e fazer com que isso sirva como modelo de uma comunidade sustentável que está preservando a Amazônia. Nosso Solar Community Hub fornecerá o tão necessário acesso à tecnologia e telemedicina que estes verdadeiros heróis da conservação merecem, reduzindo as desigualdades e permitindo que usufruam dos benefícios da tecnologia. É uma pequena contribuição para um compromisso com um mundo melhor para todos”, afirma Alejandro Espinosa Llano, Gerente do Programa Solar Community Hub Program na Computer Aid International.

Fonte: TI Inside