falecom@consecti.org.br
(11) 3718-6515 (61) 97400-2446

Biometria periocular: tecnologia 100% nacional para identidade digital - Consecti

Biometria periocular: tecnologia 100% nacional para identidade digital - Consecti

Notícias
16 novembro 2021

Biometria periocular: tecnologia 100% nacional para identidade digital

A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade digital, anuncia uma parceria inédita com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) com um contrato de médio prazo na frente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). O objetivo é iniciar um trabalho de campo com pesquisadores e estudantes da instituição atuando no desenvolvimento de tecnologias proprietárias mais robustas para o cenário brasileiro e mundial de identificação digital.

O trabalho, que será feito com o grupo de pesquisadores liderados pelo Prof. David Menotti, Associado do Departamento de Informática (DInf) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), será focado na pesquisa e desenvolvimento de um novo modelo de identificação, a biometria periocular. Diferente do reconhecimento facial, que analisa diversos pontos da face, a tecnologia periocular irá autenticar a identidade de uma pessoa analisando apenas a região ocular. Além disso, o grupo também irá aperfeiçoar tecnologias já existentes, como o Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR), que faz o reconhecimento de texto em documentos e modelos para prova de vida (liveness).

“Inicialmente, contamos com seis estudantes de doutorado, mestrado e graduação, integrando o time em codesenvolvimento com a equipe de Engenharia da unico. Para a universidade, é a primeira vez que uma instituição privada investe em um projeto de pesquisa de médio e longo prazos, o que demonstra o grande potencial de colaborações desse caráter. Esse tipo de parceria já vem ganhando destaque no Brasil, com profissionais e jovens altamente capacitados para esse tipo de trabalho e desafios”, afirma o Prof. Menotti.

De acordo com Ariovaldo Carmona, Diretor de Engenharia da unico, a IDtech aumentará sua capacidade de inovação ao lidar com uma tecnologia com menos vieses e não invasivas para autenticação de identidade. “A unico quer desenvolver tecnologias que podem transformar o dia a dia das pessoas e acredita muito na parceria entre academia e mercado para isso. Com o projeto, vamos proporcionar uma estrutura para que especialistas com um olhar técnico e inovador de fora da empresa possam focar exclusivamente em P&D.”, exalta o Diretor de Engenharia.

O escopo da parceria conta ainda com a formação de um time qualificado para desenvolver e preparar alunos da UFPR para o mercado de trabalho de tecnologia. Uma maneira de desenvolver e reter no Brasil talentos da área. “Vimos, nos últimos 20 anos, um movimento de profissionais de tecnologia deixando o país para oportunidades no exterior, principalmente na área de engenharia de software. Agora, a unico quer reverter esse cenário e transformar o Brasil em um polo tecnológico, desenvolvendo jovens e inspirando empresas e talentos mais seniores para o retorno ao país de origem”, revela Carmona.

“A inovação está nos olhos de quem a vê e quem a acessa. É com esse olhar que vamos fomentar pesquisas e trazer mais investimentos para essa área, atuando para o benefício das pessoas. Desenvolver tecnologias seguras e garantir a confiabilidade e inovação em sistemas e produtos direcionado às empresas e aos consumidores é a maneira da unico de promover a integração e inclusão social a um novo futuro que já faz parte do presente de todos”, complementa Diego Martins, fundador e CEO da unico. É dessa maneira, que o unicórnio caminha a passos sólidos para reposicionar o Brasil no ranking mundial de inovação.

Fonte: Convergência Digital em 16/11/2021