falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

UniversidadES: alunas das primeiras turmas de robótica apresentam carros-robôs - Consecti

UniversidadES: alunas das primeiras turmas de robótica apresentam carros-robôs - Consecti

Giro nos estados
27 dezembro 2022

UniversidadES: alunas das primeiras turmas de robótica apresentam carros-robôs

Alunas da Rede Estadual de Ensino dos municípios de Cariacica e Aracruz finalizaram, neste mês de dezembro, o curso Pensamento Computacional, Programação e Robótica Educacional na Perspectiva da Educação 5.0, ofertado pelo projeto Corte de Lovelace, que integra o Sistema Universidade do Espírito Santo – UniversidadES.

O curso tem formato híbrido, com a união do ensino presencial com os chamados MOOCs (do inglês Massive Open Online Course), que são cursos on-line, abertos e massivos, considerados como de “autoestudo”, ou seja, cursos sem exigência prévia de escolaridade ou processo seletivo. Nos encontros presenciais, as alunas realizam oficinas de treino, prática e projeto, além de um estágio dirigido para as que alcançarem melhores desempenhos no curso.

A primeira rodada do Lovelace do UniversidadES contemplou 44 alunas da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Joaquim Barbosa Quitiba, em Cariacica, nove alunas em medidas socioeducativas do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), no mesmo município, além de 40 alunas da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Misael Pinto Netto, em Aracruz. As turmas realizaram apresentações finais dos projetos para os demais alunos das escolas.

Nas aulas, são abordados temas como pensamento computacional, linguagem de programação e robótica. Na parte prática, as alunas montam seus próprios robôs, a começar pela parte mecânica e eletrônica de montagem e de união das peças, quando aprendem a lidar com instrumentos, como alicates e descascador de fios.

Em seguida, entram os ensinamentos de programação, em que as alunas passam a determinar o que o carrinho-robô deverá fazer, ou seja, “dizerem” para a máquina, e o que deve fazer (em que direção andará, como desviar de obstáculos etc.). Cumpridas essas etapas, as alunas aprendem ainda a conferir determinada autonomia ao robô, de forma que este defina como se comportará por conta própria e a partir de um sorteio com base na programação pré-determinada, diante de um obstáculo.

O curso também é gamificado, ou seja, durante as aulas, as alunas participam de um jogo em que ganham “pontos” simbolizados por laços e coroas,na medida em que completam as atividades propostas. As “conquistas” são guardadas em mini baús, em referência aos baús de tesouros da nobreza. As alunas que acumularam os maiores “tesouros” foram premiadas durante a cerimônia de formatura.

Corte de Lovelace

A Corte de Lovelace integra o Sistema Universidade do Espírito Santo – UniversidadES e é uma oferta realizada pelo Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides), em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes).

As participantes foram selecionadas pela Secretaria da Educação (Sedu), considerando critérios de vulnerabilidade sociais e/ou econômicos. O curso é destinado exclusivamente para pessoas do sexo feminino, num propósito de incentivar a inserção de meninas na área de tecnologia e aproximar o público feminino de carreiras tecnológicas.

O nome “Corte de Lovelace” é uma referência à condessa Ada de Lovelace, considerada a primeira programadora do mundo. O projeto está inserido no Eixo III do Sistema Universidades, que visa à implementação de políticas públicas direcionadas à pesquisa, extensão e inovação. O projeto terá três anos de duração, num investimento de R$ 1,5 milhão por parte do Governo do Estado. Serão realizados três ciclos de ofertas por ano, em municípios distintos, com 40 vagas para cada localidade, por ciclo.

Em 2023, alunas da Rede Estadual de Ensino de São Mateus também receberão o projeto, além de outros seis municípios que estão em fase de definição. Além das alunas beneficiadas diretamente pelo projeto, os “MOOCs de Lovelace” também estão disponíveis para toda a população capixaba na plataforma de cursos abertos e a distância do Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância (Cefor) do Ifes, no site https://mooc.cefor.ifes.edu.br.

Professores multiplicadores

O projeto Corte de Lovelace ofertado pelo UniversidadES contou ainda com uma formação voltada para professores multiplicadores. Um total de 18 professores participaram da formação “Robótica Educacional, Fabricação Digital e Metodologias Ativas”. O curso é ofertado para professores da Educação Básica Estadual e Tutores da Corte de Lovelace, que são selecionados pela Secretaria da Educação (Sedu), considerando critérios de habilidades em relação ao tema e a possibilidade de ser multiplicador. Serão 60 professores multiplicadores formados nos três anos de projeto.

Fonte: SECTIDES -ES