falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Projeto apoiado pela Fapeam busca soluções para o saneamento básico em comunidades tradicionais no Amazonas - Consecti

Projeto apoiado pela Fapeam busca soluções para o saneamento básico em comunidades tradicionais no Amazonas - Consecti

Giro nos estados
17 fevereiro 2022

Projeto apoiado pela Fapeam busca soluções para o saneamento básico em comunidades tradicionais no Amazonas

O governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), apoia projeto desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), que busca conhecer as práticas culturais e de saneamento básico em comunidades tradicionais, visando a melhoria da saúde coletiva, além de gerar soluções para sustentabilidade ambiental, cultural e econômica nesses locais.

Contemplado com recursos do edital Fapeam – Mulheres na Ciência, o projeto ‘Significados, Saberes e Práticas: Vozes das Raízes Brasileiras’ vem sendo desenvolvido na comunidade quilombola Sagrado Coração de Jesus do Lago do Serpa, situada no município de Itacoatiara (distante 268 quilômetros da capital). O local dispõe de saneamento básico precário devido a dificuldade de acesso, o que pode contribuir para o surgimento de doenças.

“Esse olhar para as comunidades tradicionais é emergencial, latente, então, precisamos ter um olhar cuidadoso, especial para essas comunidades que vêm com uma estrutura extremamente precária. Sabemos da dificuldade de acesso às residências e as pessoas, mas isso não pode impedir tanto a universidade, os atores sociais, o poder público, de atender essas pessoas, esses espaços”, destacou a coordenadora do projeto, Fabiane Clemente.

Etapas 

Para encontrar soluções que dialoguem com a realidade da comunidade, o grupo de pesquisa dividiu os trabalhos em três etapas. Na primeira etapa, onde o projeto se encontra no momento, está sendo realizada a coleta de dados. Para obter informações sobre o cenário vivido pelos quilombolas, foram coletadas e analisadas amostras de água em alguns pontos da comunidade.

Saneamento básico em comunidades tradicionais no Amazonas - Fabiane Clemente (1)

Com as amostras devidamente estudadas, o próximo passo é a aplicação de um formulário para os moradores com o intuito de obter mais informações referentes à relação daquelas pessoas com a questão do saneamento na comunidade. A terceira e última etapa consiste na recoleta da água em pontos distintos no local, desta vez durante o período da cheia dos rios.

“Esse projeto é importante não somente para termos dados científicos sobre a questão de monitoramento de água e práticas culturais das comunidades quilombolas, mas também para o próprio estado do Amazonas, para o município de Itacoatiara, porque a partir desses resultados nós entendemos que o poder público, as entidades envolvidas nessa temática, podem se beneficiar, se apropriar desses dados para poder definir ações futuras de melhorias”, explica a coordenadora.

Saneamento básico em comunidades tradicionais no Amazonas - Fabiane Clemente (2)

Mulheres na Ciência  

O Programa Fapeam: Mulheres na Ciência é uma iniciativa do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Fapeam, lançada em fevereiro de 2021, que visa estimular a participação de mulheres na coordenação de propostas nas áreas de Ciências Exatas e da Terra, Engenharias e Ciências Agrárias no interior do estado do Amazonas.

Pelo segundo ano consecutivo a Fapeam lançou, no último dia 11, mais dois novos editais para estimular a participação de mulheres cientistas do Amazonas na coordenação de pesquisas: o Programa Mulheres das Águas e o Programa Kunhã – CT&I no Amazonas. Os anúncios ocorreram durante o lançamento da Programação do Movimento Mulheres e Meninas na Ciência da Fapeam, na sede da fundação. Ao todo, serão destinados mais de R$4.567.200,00 para projetos de pesquisa a serem desenvolvidos por pesquisadoras do estado.

Fonte: FAPEAM