falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Nove Etecs são premiadas na edição de 2022 da Febrace - Consecti

Giro nos estados
01 abril 2022

Nove Etecs são premiadas na edição de 2022 da Febrace

Estudantes e professores de nove Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) do Centro Paula Souza (CPS) estão entre os premiados da 20ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). A cerimônia de encerramento foi realizada em formato remoto no último sábado (26) e transmitida pelo canal da Febrace no YouTube.

Da Etec Irmã Agostina, da Capital, veio o terceiro lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra. Sob orientação da professora Patrícia Araújo dos Santos e coorientação de Thais Taciano dos Santos, as alunas Fernanda Yuri Muta, Milene Feitosa de Araujo Martins e Sabrina Santana Klabacher criaram o projeto de desenvolvimento de célula solar sensibilizada com corante natural de pinhão-roxo (Jatropha gossypiifolia L.) com aplicação de eletrólito gel polimérico à base de xantana.

“Nós, do curso técnico de Química, nos reinventamos a todo momento e não foi diferente nesses últimos dois anos, nos quais tivemos muitas dificuldades em realizar presencialmente os nossos projetos”, declara Thais. “O comprometimento da equipe, porém, mais uma vez, mostra a força e importância da nossa Etec, que tem contribuído com trabalhos relevantes para nossa sociedade. A conquista deste ano é resultado da dedicação de todos os estudantes, professores e funcionários da escola.”

Confira o vídeo aqui.

Outro destaque foram os alunos da Etec Prof. Armando José Farinazzo, de Fernandópolis, Gabriel Siqueira do Espírito Santo, Gabriel Vicente Fernandes e Gustavo Pereira Donadon Dutra, que criaram um projeto de reflorestamento com o uso de Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant), popularmente conhecido como drone. O grupo conquistou o quarto lugar na categoria Engenharia e o prêmio da Associação dos Engenheiros Politécnicos (AEP), que vai contemplar cada trabalho com o valor de R$ 500.

Sob a orientação do professor de Computação e Informática para os Ensinos Médio e Técnico Gustavo Tadeu Moretti de Souza, e coorientação de Fernando Landim, os estudantes criaram cápsulas feitas de amido contendo terra e sementes, além do fertilizante NPK produzido artesanalmente pela equipe. Orgânico, o material passa por 72 horas de fermentação antes de ser injetado na cápsula, que é transportada por um reservatório especialmente desenhado e produzido em impressora 3D.

“Estamos imensamente contentes com as duas conquistas! É a nossa segunda participação como finalistas da Febrace e conseguimos alcançar ótimos resultados”, comenta Gustavo. “Agradecemos o apoio de todos da Etec e do CPS por divulgar o nosso trabalho. Essas premiações nos encheram de orgulho e ânimo para dar continuidade aos projetos, com o objetivo de alcançar melhores resultados na próxima edição da Febrace e demais feiras ao longo do ano. Estamos no caminho certo!”

Alunos da Etec Trajano Camargo, de Limeira, também conquistaram o quarto lugar na categoria Engenharia. Anthony Paulo de Oliveira Rocha, Andrews Henrique Augusto e Christian Ranieri Pereira Dias elaboraram um estudo sobre a produção de energia por meio de uma caldeira artesanal que é abastecida com bagaço de cana-de-açúcar, com o objetivo de auxiliar o pequeno produtor rural. O trabalho foi feito sob orientação de Sérgio Delbianco Filho e coorientação de Gislaine Barana Delbianco.

“O nosso projeto foi baseado em muito planejamento e resiliência. Por estarmos em um período de pandemia, o desenvolvimento foi um pouco mais difícil, mas soubemos administrar bem o que tínhamos em mãos”, comenta Anthony. “Sabemos que encontramos as pessoas certas para nos ajudar e agradeço a todos que nos auxiliaram nessa conquista.”

Veja o vídeo.

Febrace Virtual

O CPS participou da feira com 29 projetos de 18 Etecs. Os jurados avaliaram os trabalhos seguindo os critérios de criatividade e rigor científico da premiação. Os trabalhos das Etecs concorreram com outros 468 finalistas de escolas dos Ensinos Fundamental, Médio e Técnico.

A 20ª Febrace aconteceu pela terceira vez de forma virtual para atender as normas de segurança e de isolamento para o controle da pandemia. Promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI-Epusp) desde 2002, a edição de 2022 contou com 1.081 estudantes, de 333 escolas de todo país, sendo que cerca de 65% destas unidades representavam a rede pública.

A plataforma da Febrace manteve a mostra virtual dos projetos finalistas no período de 14 a 25 de março. Os premiados recebem troféus, medalhas e certificados. Diversas instituições públicas e privadas ofereceram prêmios, como estágios, bolsas de estudo, equipamentos eletrônicos, visitas técnicas e credenciais para participação em feiras nacionais e internacionais.

Para assistir à cerimônia de premiação, basta acessar o canal da Febrace no YouTube. O conteúdo está dividido nas partes 1 e 2.

Confira os projetos de Etecs premiados na Febrace 2022 aqui.

Fonte: Notícias do Estado de São Paulo