+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Inovatur: Circuito de cicloturismo agora será gamificado em SC

A Encantos do Sul Viagens, operadora de cicloturismo no Sul do país e desenvolvedora do Circuito Desafio de Anita, em Santa Catarina, nas cidades de Tubarão e Laguna, vai lançar o Jogo Route Raiders – Desafio de Anita, que passa a ser o primeiro circuito de cicloturismo gamificado da América Latina. 

Inovação

O projeto de gamificação do circuito Desafio de Anita (Jogo Route Raiders) é uma parceria da Encantos do Sul Viagens e Instituto Caranguejo de Educação Ambiental e foi um dos projetos selecionados no edital do Programa Inovatur – programa de fomento exclusivo para o turismo, em Santa Catarina. Essa ação é uma cooperação entre a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e a empresa Gestalt Open Innovation. 

O programa busca apoiar a geração de empresas de base tecnológica, para transformação de ideias inovadoras em empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos.

Sobre jogo

O jogo traz um conteúdo lúdico, centrado na interação do jogador com lugares históricos, paisagens, praças, museus e a cultura dos municípios de Tubarão e Laguna. 

Como jogar?

A partir do dia 31 de outubro, basta baixar o aplicativo Route Raiders – Desafio de Anita no celular, disponível na versão android e IOS. O game foi desenvolvido para o cicloturista, mas o jogador não precisa estar fazendo o circuito. Assim, a comunidade, visitantes, pessoas de qualquer lugar, podem jogar e conhecer um pouco mais da história e cultura dessa região do Sul do Brasil.

O jogo é como uma caça ao tesouro a partir de uma história proposta pelo desafio. Cada fase do jogo está em um atrativo turístico do circuito.

Nova experiência turística

O aplicativo será um importante aliado para que a experiência turística se configure como um jogo, com interatividade auxiliando na promoção da saúde física e mental, na mitigação dos impactos causados na população pela pandemia do coronavírus, na promoção do desenvolvimento turístico ecológico e sustentável, e na valorização do patrimônio histórico e cultural.

Pós-pandemia

O Turismo foi um dos setores que mais sofreu com o impacto causado pela pandemia do coronavírus. Enquanto algumas áreas conseguiram se adaptar para continuar funcionando, o turismo, principalmente o de entretenimento e o de hotelaria foram os mais afetados. De acordo com Marcelino, Dias, Godoy e Fernandes 2020 um estudo feito pela FGV Projetos sobre os impactos econômicos da Covid-19 para o turismo brasileiro revela que o setor sofreu uma perda de 21,5%. 

Ressignificar empreendimentos

A partir destas observações tem havido a necessidade de se reinventar o Turismo, já que com a situação da pandemia, mais que nunca, o futuro se encontra incerto. Não se sabe dizer quando o cenário estará normalizado e se as atividades serão exercidas como antes. 

Dessa maneira, os locais turísticos da região de Laguna e Tubarão têm exercido os serviços com adaptações, tendo em mente o que o pós-pandemia reserva. O setor vem diariamente se reinventando em todas as áreas. E, uma das maneiras encontradas para sobreviver ao período de crise e continuar levando a cultura e lazer para a população foi também a tecnologia e suas possibilidades virtuais de forma interativa.

Momento histórico para as bikes

Já quanto à forma de locomoção das pessoas, no Brasil, o mercado de bicicletas vive um momento histórico. De acordo com a Aliança Bike (Associação Brasileira do Setor de Bicicletas), houve um aumento de 118% nas vendas de bicicletas no Brasil entre 15 de junho e 15 de julho, em comparação ao mesmo período do ano passado. A alta procura, segue a tendência encontrada em todo o mundo: a procura por meios de transporte mais seguros para manter o distanciamento social e a necessidade de visitar espaços ao ar livre. (EXPANSÃO, 2020).

Se a tecnologia tem agido a favor de todos neste período de isolamento social, no setor de turismo os cicloturistas tem feito uso de diversos aplicativos que já faziam parte do cotidiano de muitos deles, tais como o Strava, e o Relieve, que medem percursos, tempos, altimetria e permitem interatividade entre os seus usuários de forma segura, já que a virtualização prescinde da proximidade física. 

Circuitos gamificados

Outros aplicativos que possam transformar rotas e circuitos em experiências lúdicas e que sejam relacionados aos pontos turísticos, patrimônios materiais e imateriais dos trajetos podem ser ferramentas importantes de desenvolvimento e fortalecimento do turismo na região. É o caso de aplicativos de rotas gamificadas.

Diante deste cenário, empresas relacionadas ao trade turístico buscam alternativas que equilibrem e fortaleçam a cadeia produtiva do setor. O cicloturismo surge como uma excelente possibilidade. É uma atividade que pode colaborar muito para mitigar as perdas ocorridas no turismo desde 2020 e no pós-pandemia, com viagens próximas, justamente as que têm sido realizadas e incentivadas pelos órgãos oficiais de turismo como alternativa para a população. 

Lançamento do Jogo

O quê: Cerimônia de lançamento Onde: Cine Teatro Mussi Laguna (SC) Quando: 30/10/2021 às 19h (evento fechado) 
O quê: Pedal Inaugural 
Onde: Circuito Desafio de Anita 
Quando: 31/10/2021

No dia 31, às 9h da manhã, a equipe do Route Raiders (desenvolvedora do aplicativo, juntamente com a equipe da Encantos do Sul Viagens) farão o pedal inaugural com convidados e cicloturistas interessados em fazer o pedal com o grupo.

Durante o feriado de 31 de outubro a 02 de novembro o aplicativo estará disponível gratuitamente. Mais informações: www.circuitodesafiodeanita.com.br

Fonte: Fapesc em 13/10/2021 (adaptada)

Próximos Eventos