falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Hospital Moinhos de Vento, no RS, abre programa de investimentos em startups - Consecti

Hospital Moinhos de Vento, no RS, abre programa de investimentos em startups - Consecti

Giro nos estados
10 outubro 2022

Hospital Moinhos de Vento, no RS, abre programa de investimentos em startups

Buscar soluções inovadoras e tecnológicas, que resolvam os desafios e tragam melhorias para a medicina, a assistência e de processos é um dos objetivos do Hospital Moinhos de Vento com a realização do Atrion Arena, primeiro programa de investimentos da instituição. Startups dispostas a contribuir com a transformação da saúde do futuro podem se inscrever até o dia 9 de outubro, neste link, e ainda ter a oportunidade de receber investimentos de até R$ 300 mil.

A iniciativa é possível porque o Hospital Moinhos de Vento criou o Centro de Inovação Atrion com o propósito de gerar e ampliar as possibilidades e soluções para a saúde a partir de novas tecnologias e alternativas inovadoras. O Atrion também centraliza as iniciativas de inovação que o Hospital Moinhos de Vento já possui, tornando-se referência para a área da saúde no Brasil e no mundo.

A superintendente de Estratégia e Mercado do Hospital Moinhos de Vento, Melina Moraes Schuch, destaca que protagonismo e a inovação estão presentes na trajetória e no mapa estratégico da instituição e que esses pilares convergem totalmente com o Atrion Arena.

“Buscamos acelerar iniciativas inovadoras para encontrar novos caminhos e criar oportunidades de negócios sustentáveis de alto impacto. Além disso, quem participa tem acesso ao ecossistema de um dos hospitais de excelência do Brasil pelo Ministério da Saúde e que é considerado o 3º melhor do Brasil e está entre os melhores da América Latina e do mundo”, ressalta.

As startups inscritas passarão por seis etapas de seleção. A apresentação dos pitches (apresentação do negócio inovador) para a banca avaliadora será presencial, no dia 25 de outubro, em atividade na sede do Centro de Inovação, em Porto Alegre. Esta será a fase final do programa. As oito startups finalistas serão recepcionadas com uma visita ao hospital e ao Atrion.

O coordenador de Inovação, Thomas Troian, salienta que o hospital já vem se relacionando com startups há mais de cinco anos e o evento busca conectar ainda mais com novas soluções em saúde e também de otimização de processos administrativos.

“Temos um mapeamento bastante claro dos desafios que temos e estamos buscando startups que, com o conhecimento e a parceria da instituição, possam possibilitar a geração de novos e melhores negócios que ajudem a aprimorar a eficiência, a efetividade e a criação de novos produtos de saúde a nível nacional”, afirma.

Fonte: Convergência Digital