falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Governo e Fiern passam a compartilhar dados para plataforma Mais RN - Consecti

Governo e Fiern passam a compartilhar dados para plataforma Mais RN - Consecti

Giro nos estados
19 maio 2022

Governo e Fiern passam a compartilhar dados para plataforma Mais RN

SEDEC/ASSECOM

 

O Governo do Estado e a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) assinaram um termo de cooperação técnica que vai permitir o compartilhamento da base de dados da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) e da plataforma Mais RN, mantida pela federação. A proposta é, através do intercâmbio de informações, abrir possibilidades de pesquisas e políticas públicas em prol do desenvolvimento econômico do estado. O acordo foi assinado pela governadora Fátima Bezerra, secretário Estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, e o presidente do Sistema Fiern, Amaro Sales, durante solenidade realizada na Casa da Indústria, nesta segunda-feira (10).

A plataforma foi lançada em 2014 e somente agora foi viabilizada a cooperação entre a instituição, que representa o setor industrial, e o Governo. O Mais RN funciona como um observatório da indústria e um mapa de oportunidades de negócios, potenciais econômicos e ações prioritárias, em âmbito público e privado, para serem implementadas ao longo de 20 anos, visando o crescimento econômico do Rio Grande do Norte.

“Estamos buscando convergência e sinergia para aquilo que é melhor para o Rio Grande do Norte. É assim que a gente celebra esse acordo de cooperação técnica. Nosso governo busca sempre o melhor para o estado e disso não abrimos mão e vamos defender”, afirmou Fátima Bezerra, que esteve acompanhada do vice-governador, Antenor Roberto.

Amaro Sales reconheceu a abertura e o diálogo da atual gestão com o setor produtivo. “Desde o primeiro dia em que estive como presidente dessa federação, há 11 anos, vínhamos tentando firmar esse termo de cooperação para melhorar o desempenho da indústria do estado e só conseguimos agora, nesse governo”. Segundo o presidente da Fiern, as informações presentes no Mais RN precisam ser utilizadas em benefício do crescimento econômico do Rio Grande do Norte.

De acordo com Carlos Eduardo Xavier, a assinatura do termo de cooperação técnica com a Fiern representa a continuidade da política, adotada pelo governo, de aproximação com os setores produtivos sob a condição de ampliação da competitividade. “Esse acordo demonstra essa aproximação e diálogo permanente do governo com as entidades empresariais, a exemplo do Proedi, que foi construído com os maiores interessados, os empresários que são os maiores geradores de emprego na indústria do estado”, destacou o secretário.

Por meio da parceria, será possível, por exemplo, elencar os principais contribuintes do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Também permitirá a obtenção de dados setoriais contidos na plataforma para avaliação de benefícios fiscais que venham ser instituídos pelo governo.

A plataforma Mais RN atua como uma unidade de inteligência e pensamento estratégico, com ações voltadas para o desenvolvimento da economia e das políticas públicas do estado, em parceria com instituições de ensino e pesquisa, com o poder público e com empresas e organizações privadas.

Há dois anos, o programa entrou na versão digital, o Mais RN 4.0, com recursos e plataformas digitais de Power BI (Business Inteligence). O observatório contém um conjunto de dashboards com dados e indicadores, de diversas fontes – como emprego, desemprego, arrecadação pública, ICMS, PIB per capita do Município, PIB da Indústria, PIB dos Serviços, análise da evolução do emprego, evolução da indústria -, que se correlacionam e podem ser atualizados para dar um panorama geral e sistematizado sobre determinado cenário ou setor da economia.

Participaram da solenidade, representantes da Sesap, Elan Miranda, do Idema, Marcílio Andrade, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato. Também estiveram presentes por parte do Sistema Fiern, o diretor regional do Senai, Emerson Batista, o superintendente do Sesi, Juliano Martins, Rodrigo Melo (Senai), além de integrantes da diretoria da instituição: Conceição Tavares, Vilmar Pereira, Roberto Serquis e Djalma Júnior, além dos responsáveis pelo RN Mais, Marcelo Rosado e Pedro Albuquerque.

Durante a solenidade, a governadora aproveitou o encontro para discutir assuntos de interesse do setor industrial, como a questão do gás natural, energias renováveis, como o hidrogênio verde, e o marco legal da inovação.

Fonte: SEDEC RN