falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Governo do Estado promove palestra magna da UniversidadES - Consecti

Giro nos estados
30 março 2022

Governo do Estado promove palestra magna da UniversidadES

Foto: Hélio Fillho/SECOM

O evento ocorrido na tarde desta segunda-feira (21) teve ainda a autorização do repasse de recursos, por meio do Fundo Cidades, para a estruturação de polos presenciais da Universidade Aberta Capixaba (UnAC).

Uma palestra magna realizada no Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado, marcou o início das atividades do Sistema Universidade do Espírito Santo (UniversidadES). O evento ocorrido na tarde desta segunda-feira (21) teve ainda a autorização do repasse de recursos, por meio do Fundo Cidades, para a estruturação de polos presenciais da Universidade Aberta Capixaba (UnAC).

Em sua fala, o governador do Estado, Renato Casagrande, falou sobre a criação do UniversidadES. “Eu e o secretário Tyago [Hoffmann, de Inovação e Desenvolvimento] pensávamos na nossa universidade estadual e no formato que seria. Criamos esse modelo moderno, flexível e que permite ficarmos com nossa rede de escolas técnicas. Para que mais pessoas possam fazer sua graduação e estejam mais preparadas para os desafios.. O sistema UniversidadES é a reafirmação do nosso compromisso com a Educação no Espírito Santo”, afirmou.

“Quando fui para a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides) há um ano atrás, o governador me desafiou a colocar de pé este projeto, que começamos lá em 2018, ainda na equipe de transição. Hoje, com muito orgulho, podemos dizer que o modelo da universidade estadual do Espírito Santo está de pé e funcionando. Demos o pontapé inicial deste que não é um produto de governo, mas sim da sociedade capixaba. É algo que a sociedade capixaba clamava”, contou Tyago Hoffmann.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento destaca que o sistema foi concebido ainda para reduzir as desigualdades sociais e também regionais. “Com a UniversidadES, estamos garantindo acesso a estes cursos também aos moradores do interior do Estado, democratizando o acesso ao Ensino Superior e transformando a vida dos capixabas a médio e longo prazo”, completou.

O tema da palestra magna foi “Educação Híbrida e MOOCs: Democratização da Educação”, conduzida pela professora doutora Vanessa Battestin, titular do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). A professora compartilhou seu conhecimento em inovação nas novas formas de aprendizagem e em educação a distância, destacando como este formato de ensino é um caminho viável e inexorável para criar condições de acesso ao ensino, seja na formação inicial seja na formação ao longo da vida, inclusive no que diz respeito a requalificação.

Battestin destacou ainda os cursos online, abertos e massivos, os MOOCs (do inglês Massive Open Online Course), neste contexto, que são cursos considerados como de “autoestudo”, ou seja, cursos com acesso livre a qualquer pessoa, sem exigência prévia de escolaridade ou processo seletivo.

Mais investimentos

Durante o evento, o governador Renato Casagrande autorizou a transferência de recursos provenientes do Fundo Cidades para serem aplicados na aquisição de equipamentos, recursos tecnológicos e mobiliários destinados aos polos da Universidade Aberta do Brasil que recebem cursos no âmbito da Universidade Aberta Capixaba (UnAC), do Sistema UniversidadES. Ao todo, serão destinados R$ 3,75 milhões para 25 municípios capixabas que pleitearam os recursos.

Cada um dos municípios contemplados receberá R$ 150 mil, a serem destinados de forma direta para os respectivos fundos municipais de investimentos. De acordo com o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Gilson Daniel, a transferência de recursos por meio do Fundo Cidades reduz a burocracia, tornando mais célere a execução de obras e demais ações pelas prefeituras capixabas.

“Com o Fundo Cidades, o Governo do Estado está disponibilizando recursos para todos os 78 municípios, para que elaborem suas carteiras de projetos e invistam em infraestrutura e aquisição de equipamentos. Assim, fazemos o Espírito Santo crescer de forma sistêmica”, comentou Gilson Daniel, citando que o sistema UniversidadES integra a carteira de projetos estratégicos do Governo do Estado, cujo gerenciamento é feito pela Secretaria de Economia e Planejamento (SEP).

Também durante o evento, foi anunciada a expansão do Projeto Corte de Lovelace, cujo objetivo é levar o ensino de programação e robótica para meninas do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas estaduais do Espírito Santo. O nome do projeto faz referência à Condessa Ada de Lovelace, considerada a primeira programadora do mundo.

Atualmente, o projeto atende prioritariamente meninas em situação de risco social, numa parceria do Ifes com o Programa Agenda Mulher, coordenado pela Vice-Governadoria do Estado. Agora, o Corte de Lovelace passa agora a atender todo o Espírito Santo, com três ciclos de ofertas de cursos híbridos por ano, totalizando nove polos atendidos no ano. Serão 40 vagas para cada localidade, num total de 360 vagas/ano.

Os cursos contemplam ainda um estágio dirigido para os alunos que alcançarem melhores desempenhos. Trata-se de um programa gamificado, em que a pessoa adquire títulos na medida em que avança no curso. Também serão ofertadas 20 vagas para capacitar professores a serem multiplicadores da metodologia.

Estiveram presentes no evento a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; o procurador-geral do Estado, Jasson Hibner; os prefeitos Wanzete Kruger (Domingos Martins), André Sampaio (Montanha), Paulo Cola (Piúma), Antônio Galhano (Bom Jesus do Norte) e Lastênio Cardoso (Baixo Guandu); além de dirigentes de órgãos e autarquias.

UniversidadES

O Sistema Universidade do Espírito Santo – UniversidadES, vinculado à Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides), foi instituído pelo Decreto nº 5.009-R, de 11 de novembro de 2021. O sistema reúne e organiza as políticas públicas estaduais de educação profissional de níveis Técnico e Superior, além da pesquisa, extensão e inovação. Os cursos são nas áreas STEAM – do inglês: Science (Ciências), Technology (Tecnologia), Engineering (Engenharia), Arts (Artes) e Mathematics (Matemática) – motores econômicos para a indústria 4.0 e os desafios do futuro.

Além da estruturação de um sistema estadual integrado de Ensino Superior e Profissionalizante, com a oferta gratuita de formação e capacitação aos cidadãos do Estado do Espírito Santo, a UniversidadES traz ainda novas vagas de graduação e pós-graduação para os capixabas, por meio da criação da Universidade Aberta Capixaba (UnAC).

O programa visa ainda a gerar oportunidades de emprego e renda para os capixabas, por meio de três eixos: a oferta de Ensino Superior de graduação e pós-graduação; oferta de Ensino Técnico, profissional, educação financeira e empreendedora; e o investimento em pesquisa, extensão e inovação. O Sistema UniversidadES foi desenhado de modo a colaborar e dar suporte na estratégia de cumprimento das metas do Plano Estadual de Educação (em especial as metas número 6, 11, 12, 13 e 16).

Vagas abertas

Estão abertas as inscrições para 600 vagas em cursos de pós-graduação do Sistema Universidade do Espírito Santo, a UniversidadES. As oportunidades estão divididas em dois editais, lançados pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes), integrando as ações da Universidade Aberta Capixaba (UnAC).

Os cursos ofertados são de pós-graduação Lato Sensu em “Gestão Pública”; “Educação: Metodologias e Práticas para o Ensino Fundamental” e “Educação em Direitos Humanos”.

Os editais e informações para inscrições estão disponíveis no site www.universidades.es.gov.br.

Fonte: SECTI ES