falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Estudantes de Engenharia Química da UFRJ conquistam primeiro lugar em competição internacional - Consecti

Estudantes de Engenharia Química da UFRJ conquistam primeiro lugar em competição internacional - Consecti

Giro nos estados
13 dezembro 2022

Estudantes de Engenharia Química da UFRJ conquistam primeiro lugar em competição internacional

No dia 20/11, durante a AIChE Annual Student Virtual Conference 2022, em Phoenix (Arizona), nos Estados Unidos, aconteceu a fase internacional da ChemE Jeopardy, uma competição de perguntas e respostas em que as questões são formuladas usando os conceitos da grade de Engenharia Química do mundo todo. A equipe do capítulo estudantil da AIChE UFRJ, composta por Davi Reis do Nascimento, Guilherme Cordeiro, Leonardo Azevedo e Mariana Areias, representou o Brasil nesses jogos e garantiu o primeiro lugar. Um capítulo estudantil é uma associação sem fins lucrativos que exerce uma série de atividades.

A ChemE Jeopardy é organizada anualmente pelo Instituto Americano de Engenheiros Químicos (AIChE), organização líder mundial para profissionais de Engenharia de Processos.

Guilherme Cordeiro, estudante do Curso de Engenharia Química da UFRJ e um dos integrantes da equipe, detalhou como foi o processo até a vitória: “Nossa preparação vem sendo feita desde o final do ano passado; ficamos em terceiro lugar na última competição internacional e, então, iniciamos a preparação para buscar o primeiro lugar neste ano. Nós utilizamos um método de treinos semanais, elaborando quadros de questões no mesmo modelo da competição e jogando uns contra os outros como se estivéssemos competindo. Além disso, também temos um cronograma semanal de estudos das matérias que podem cair e estudamos utilizando flashcards e livros acadêmicos de Engenharia”.

“Vencer um concurso internacional representando a Universidade Federal do Rio de Janeiro e nosso capítulo é muito gratificante. Além disso, é muito satisfatório ver que todo o processo de treinos e estudos para competir trouxe frutos e, principalmente, poder mostrar isso para toda a Universidade, inspirando mais pessoas a correrem atrás desses objetivos”, expressou Guilherme a sensação de vencer essa competição.

Fonte: UFRJ