falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Empossados Presidente e Diretores da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima (FAPERR) - Consecti

Empossados Presidente e Diretores da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima (FAPERR) - Consecti

Giro nos estados
06 julho 2022

Empossados Presidente e Diretores da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima (FAPERR)

Na manhã desta segunda-feira, 4 de julho de 2022, foi realizada no Palácio Senador Hélio Campos, em Boa Vista (RR), a cerimônia de posse da nova presidência e diretoria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima – FAPERR.

A FAPERR foi instituída pela Lei nº 1.641, de 25 de janeiro de 2022 e terá sede na capital Boa Vista. Com personalidade jurídica de direito público, dotada de autonomia administrativa e financeira, a Fundação está vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação de Roraima – SEADI, e foi criada com o objetivo de fomentar a pesquisa, o conhecimento científico, tecnológico e a inovação no estado de Roraima.

“Esse é um desafio. De fazer acontecer a pesquisa, inovação e tecnologia em Roraima. Temos um vasto campo de pesquisa e o nosso trabalho vai gerar soluções que trarão grandes resultados para o desenvolvimento de Roraima”, disse o novo presidente da FAPERR, Pedro de Jesus Cerino.

Presidência da FAPERR

O primeiro presidente da FAPERR, Pedro de Jesus Cerino, possui pós-doutorado em Democracia e Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra, Portugal (2020), doutorado em Ciência Política (2015) e mestrado em Economia (2009), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, graduação em Ciências Contábeis pela Faculdades Integradas Simonsen (1991), e graduação em Direito pela Faculdade Cathedral de Ensino Superior – FACES (2018).

Pedro Cerino atualmente desempenha a função de coordenador do Curso de Direito e é professor do Centro Universitário Estácio da Amazônia. Tomou posse como presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima – FAPERR nesta segunda-feira, 04 de julho de 2022.

Diretoria da FAPERR

Além do presidente, foram empossados também o Diretor Técnico, doutor em Ciências Sociais, Carlos Alberto Borges Silva e o Diretor Administrativo e Financeiro da FAPERR, doutor em Educação, Ciência e Matemática, José Eugênio Brum da Rosa.

José Eugênio Brum da Rosa – Diretor Administrativo e Financeiro (à esquerda); Pedro de Jesus Cerino – Diretor Presidente (no centro da foto) e Carlos Alberto Borges Silva – Diretor Técnico da FAPERR (à direita). (Crédito Foto: Fernando Oliveira/Secom-RR)

 O CONFAP e a criação da FAPERR

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) atuou, durante as suas três últimas gestões, em uma agenda colaborativa com a comunidade científica, com representantes do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa de Roraima para a criação da FAPERR. O Estado de Roraima era a única unidade da federação que não possuía uma Fundação de Amparo à Pesquisa (FAP).

Com a criação da FAPERR, o CONFAP passa a ter a partir de agora, 27 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) associadas, abrangendo todas as unidades federativas do Brasil (com Fundações sediadas em todos os 26 Estados e no Distrito Federal).

“Com a criação da FAPERR o Conselho Nacional das FAPs se fortalece ainda mais, pois agora podemos dizer que representamos todas as unidades da federação brasileira”, destacou o presidente do CONFAP, Odir Dellagostin.

Sobre o CONFAP

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) é uma organização sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil.

Tendo como premissa a ciência, tecnologia e inovação como fatores estratégicos indispensáveis ao desenvolvimento econômico e social nacional, o CONFAP atua na defesa da autonomia, regularidade e da efetiva execução financeira dos repasses das dotações orçamentárias para as FAPs. Essa articulação busca respeitar e defender a diversidade das políticas locais e regionais dos Estados e do Distrito Federal, bem como a descentralização, integração e articulação do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI).

O CONFAP também busca estimular a geração do conhecimento e da inovação tecnológica e o estímulo à ampliação de parcerias regulares das FAPs com agências nacionais e internacionais de fomento e incentivo ao desenvolvimento de CT&I, bem como parcerias com o setor empresarial

 

Assessoria de Comunicação – CONFAP (com informações de SECOM/RR)