falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Em Bragança, "Forma Pará" realiza aula inaugural de engenharia civil pela Uepa - Consecti

Em Bragança, "Forma Pará" realiza aula inaugural de engenharia civil pela Uepa - Consecti

Giro nos estados
15 março 2022

Em Bragança, “Forma Pará” realiza aula inaugural de engenharia civil pela Uepa

Programa do governo estadual, coordenado pela Sectet, objetiva aumentar a oferta de cursos superiores, unindo esforço do governo com as Instituições Ensino Superior (IES) e Prefeituras

Na última sexta-feira (11) foi realizada a aula inaugural do curso de engenharia civil na cidade de Bragança, no nordeste paraense, por meio do programa “Forma Pará” em parceria com a Universidade do Estado do Pará (Uepa) e a Prefeitura municipal.

A solenidade contou com a presença do titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), Carlos Maneschy; e da adjunta do órgão e gestora do Forma Pará, Edilza Fontes. Também estavam presentes o reitor da Uepa, Clay Anderson Nunes Chagas; o prefeito de Bragança, Raimundão; e a coordenadora do curso de engenharia civil, professora Elzelis Müller.

Durante a cerimônia, o secretário Maneschy ressaltou de que maneira os cursos ofertados pelo programa podem mudar a vida das pessoas e de todos do município e região.contemplados. “Ao ingressar na universidade, a vida não mais será a mesma, a trajetória que abre o horizonte de oportunidades que a universidade permite será marcada para cada um de vocês como um tempo novo”, pontuou.

Como engenheiro mecânico de formação, ele ainda destacou o papel que os engenheiros têm na sociedade aliado à missão de cidadão de cada profissional.

“Cursar engenharia traz a expectativa de que podemos mudar as coisas de tal maneira a trazer benefícios diretos pelo avanço da ciência, tecnologia e inovação, transformar a vida e aumentar potencialmente o bem estar de todos. Essa é a missão profissional. Mas vocês também devem ser seres humanos que possam construir e deixar um legado que possa tocar a vida dos outros de forma qualitativa”, explanou.
“Forma Pará”

A adjunta Edilza Fontes aproveitou a oportunidade para explicar como funciona o “Forma Pará”. Ela enfatizou que o programa do governo estadual, coordenado pela Sectet, tem  o intuito de aumentar a oferta de cursos superiores, unindo esforço do governo com as Instituições Ensino Superior (IES) presentes no estado e com as prefeituras municipais.

No dia 7 de março, o governador Helder Barbalho anunciou a universalização da oferta de cursos superiores no estado, o que representa a chegada do Forma Pará aos 144 municípios paraenses ainda em.2022. Em outubro do ano passado, o programa virou lei, o que garante sua continuidade ao longo do tempo. A publicação também possibilitou a parceria com IES privadas, para suprirem as demandas que as públicas não conseguiam mais atender, além de possibilitar a oferta de cursos de pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado).

 Realizações

Para a aluna da turma de engenharia civil em Bragança, Mayse Borges, ingressar na universidade no curso almejado há tempos significa a realização de um sonho.

“O curso de engenharia civil é de grande importância para o moradores do município e da região. Eu esperei muito por este curso, moro em Salinópolis e, quando soube do edital não medi esforços para me inscrever para fazer processo seletivo e vir em busca do meu sonho”, revela a estudante, lembrando que o curso, será executado pela Uepa.

Após os pronunciamentos, os novos universitários realizaram a  “Cerimônia do Capacete”, quando os alunos receberam o capacete usado na engenharia civil de seus paraninfos e fizeram o juramento da profissão.

Fonte: SECTET PA