falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Conheça os novos secretários de MS empossados pelo governador Eduardo Riedel - Consecti

Conheça os novos secretários de MS empossados pelo governador Eduardo Riedel - Consecti

Giro nos estados
11 janeiro 2023

Conheça os novos secretários de MS empossados pelo governador Eduardo Riedel


Novos secretários do governo Eduardo Riedel.  — Foto: Reprodução

Novos secretários do governo Eduardo Riedel. — Foto: Reprodução

Ao todo, o novo governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), empossou 14 novos secretários em cerimônia neste domingo (1º). Entre o total de nomes, quatro são mulheres. Além da baixa diversidade, nomes antigos na política do estado permanecem no alto escalão.

Os nomes foram anunciados ao longo do mês de dezembro do ano passado. Entretanto, as oficializações das secretarias só foram feitas após o governador, Eduardo Riedel, tomar posse neste domingo.

O g1 separou os perfis dos 14 nomes que vão compor o alto escalão da política de Mato Grosso do Sul a partir deste 1º de janeiro de 2023. Veja os nomes e conheça um pouco mais dos secretários abaixo:

  1. Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania: Marcelo Miranda;
  2. Direitos Humanos e Assistência Social: Elisa Cleia Nobre (interina);
  3. Educação: Helio Queiroz Daher;
  4. Escritório de Parcerias Estratégicas: Eliane Detoni;
  5. Administração: Ana Carolina Nardes;
  6. Casa Civil: Eduardo Rocha;
  7. Controladoria-Geral do Estado: Carlos Eduardo Girão;
  8. Fazenda: Flávio Cesar Mendes de Oliveira;
  9. Governo e Gestão Estratégica: Pedro Arlei Caravina;
  10. Infraestrutura e Logística: Hélio Peluffo Filho (PSDB);
  11. Justiça e Segurança Pública: Antonio Carlos Videira;
  12. Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação: Jaime Verruck;
  13. Procuradoria-Geral do Estado: Ana Carolina Ali Garcia;
  14. Saúde: Maurício Simões Corrêa.

 

Secretaria da Fazenda: Flávio César

 

Flávio César vai assumir a secretaria de Fazenda de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Flávio César vai assumir a secretaria de Fazenda de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Flávio Cesar Mendes de Oliveira vai para a Secretaria da Fazenda. Nome alinhado ao governo Azambuja, o novo secretário pretende dar continuidade ao trabalho já desenvolvido. Flávio já foi secretário de Governo em antigas gestões.

“A minha trajetória até aqui foi pautada por desafios e estar aqui é um grande desafio junto da equipe. Vamos focar nos quatro pilares que foram estabelecidos no plano de governo, que é transformar Mato Grosso do Sul em um estado inclusivo, próspero, digital e verde. Todos os nosso esforços estarão voltados para encontrar os melhores caminhos e equação para que o estado continue na esfera do desenvolvimento”, comentou o novo secretário da Fazenda.

O atual secretário de Fazenda é formado em Relações Públicas, pós-graduado em gestão e marketing integrados e foi adjunto de Eduardo Riedel na Secretaria de Estado de Governo. Flávio César é ex-vereador, foi Presidente da Câmara Municipal de Campo Grande e está no governo de Mato Grosso do Sul desde 2017.

Secretaria de Administração: Ana Carolina Nardes

 

Ana Carolina Nardes é a nova secretária de administração de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Ana Carolina Nardes é a nova secretária de administração de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Ana Carolina Nardes, que já faz parte da secretaria de Administração, continua cuidando de uma das pastas mais robustas do governo. A secretária assume a pasta com a responsabilidade de manter equilíbrio fiscal e trazer competitividade ao estado por meio das licitações públicas.

“É uma pasta significativa do estado, é a mais robusta que temos, onde cuidamos de todas as licitações, folhas de pagamento e área de patrimônio. Estou a frente da pasta há dois anos e meio e já internalizei algumas questões. Temos que avançar muito ainda, trazer mais transparência e desenvolvimento para as empresas participarem das nossas licitações”, pondera Nardes.

Ana Carolina Nardes é advogada e pós-graduada em Direito Público e Controle Externo da Administração Pública. A nova secretária já trabalhou em diversos órgãos públicos, como Polícia Federal e no governo do Paraná.

Em 2015, Nardes ingressou no cargo de Assessora Jurídica no Gabinete da Secretaria de Governo (Segov), gerenciando projetos como o da Transparência e Censo Previdenciário. Em 2019, a secretária assumiu a área de compras do governo, onde atuou como Secretária Especial, responsável por todas as aquisições de materiais e contratações de serviços.

Secretaria de Infraestrutura e Logística: Hélio Peluffo Filho

 

Peluffo assume a secretária de Infraestrutura e Logística do estado.  — Foto: Reprodução

Peluffo assume a secretária de Infraestrutura e Logística do estado. — Foto: Reprodução

Hélio Peluffo Filho deixa a prefeitura de Ponta Porã (MS), região de fronteira entre Brasil e Paraguai, para assumir a pasta de Infraestrutura e Logística. Na tentativa de estadualizar o nome, Peluffo vem para o alto escalão do governo de Mato Grosso do Sul e diz que a aposta principal será o setor da habitação.

“Eu me sinto honrado em servir o estado. Temos que ter obras nos 79 municípios, independentemente. A importância de dialogar e construir pontes com o governador eleito. A gente entende que o estado precisa diminuir a desigualdade social, e isto estaremos trabalhando nisso. A Infraestrutura vai trabalhar nisso, esse desafio que nos traz a Campo Grande”, diz Peluffo.

Peluffo é engenheiro de formação, com experiência na área de obras públicas. Formou-se também em Arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro. Foi secretário municipal de Planejamento na administração em Ponta Porã.

Em 1989, o político se elegeu vereador. Hélio Peluffo foi secretário de Obras da Prefeitura Municipal de Maracaju de 2013 a 2016.

Secretaria da Casa Civil: Eduardo Rocha

 

Eduardo Rocha é o novo secretário da Casa Civil de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Eduardo Rocha é o novo secretário da Casa Civil de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

O deputado tucano Eduardo Rocha, um dos líderes da legenda, sai da secretaria de Governo e assume a Casa Civil.

“O governo será extremamente técnico. Porém, o técnico deve andar de mãos dadas com a política. Nisso, eu quero colocar a Casa Civil para poder ajudar a parte política andar com a técnica. Vamos avançar nos grandes projetos sociais de Mato Grosso do Sul”, finalizou o político.

Eduardo Rocha é marido da ministra do Planejamento e Orçamento no governo Lula, Simone Tebet. O tucano é formado em economia, foi eleito três vezes como deputado estadual de Mato Grosso do Sul e em 3 de dezembro de 2021 se licenciou para assumir o comando da Segov no governo estadual.

Procuradoria-geral do estado: Ana Carolina Ali

 

Ana Carolina Ali assume a PGE em Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Ana Carolina Ali assume a PGE em Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Ana Carolina Ali Garcia continua como Procuradora Geral de Mato Grosso do Sul (PGE). Antes de assumir a nova função, ainda no governo Azambuja, Ana Carolina ocupava o cargo de consultora Legislativa do Estado.

“Quero agradecer a todos. Muita missão será passada. Temos muita responsabilidade. A gente coloca o time da PGE a disposição para trazer segurança política e políticas públicas ao governo. Com esse papel de consultoria política e de defesa judicial do nosso estado, coloco a PGE a disposição na construção do governo”, detalha Ana Carolina.

Ana Carolina Ali Garcia ingressou em 2005 na PGE e, desde então, exerce a função de Procuradora do Estado. Entre 2008 e 2014, atuou no Gabinete da Procuradoria-Geral do Estado como chefe da Procuradoria de Assessoria ao Gabinete (PGE/PAG). Entre 2015 e 2016, estava na Chefia da Coordenadoria Jurídica da Secretaria de Estado de Educação (PGE/CJUR-SED).

Ali é graduada em Direito na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), pós-graduada em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (IBET) e cursou MBA em Parcerias Público-Privadas e Concessões da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Secretaria de Justiça e Segurança Pública: Carlos Videira

 

Carlos Videira permanece na secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Carlos Videira permanece na secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Videira entrou na área de Segurança Pública em 1990 quando foi aprovado no concurso para escrivão de polícia, e no mês de outubro tomou posse na Delegacia de Polícia Civil de Fátima do Sul. Logo depois, atuou no Grupo de Operações de Fronteira (GOF).

Em 1995 concluiu a graduação de Bacharel em Direito pelo Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran), e na sequência cursou pós-graduação em Processo Civil.

Aprovado no concurso para Delegado de Polícia Civil assumiu em 2000 a Delegacia de Polícia Civil em Jatei, durante três anos. Em 2003 foi transferido para o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), onde permaneceu lotado até assumir a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (DEFRON).

Em 2014, Videira atingiu o topo da carreira de Delegado sendo promovido para classe especial, e em seguida no início de 2015 a convite do governador Reinaldo Azambuja, passou a ocupar o cargo de Superintendente de Segurança Pública da Sejusp. Em 2017 passou a ser secretário da Sejusp, onde permanece no governo Riedel.

Secretaria do Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação: Jayme Verruck

 

Jayme Verruck permanece na pasta ligada ao meio ambiente e o setor rural em Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Jayme Verruck permanece na pasta ligada ao meio ambiente e o setor rural em Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Jayme Verruck é economista, mestre em Economia Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), doutor em Desenvolvimento e Planejamento Territorial pela Universidade Complutense de Madrid e possui cursos de formação executiva em Estratégias e Inovação em instituições de renome nacional e internacional.

O secretário já foi diretor corporativo do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul.

Jayme chegou a lecionou no curso de Economia da Universidade Católica Dom Bosco, foi ex-professor convidado da Fundação Getúlio Vargas, ex-sócio da FGV em Campo Grande e Cuiabá e ex-Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de Mato Grosso do Sul.

Controladoria-Geral do Estado: Carlos Eduardo Girão

 

Carlos Eduardo Girão assume CGE.  — Foto: Reprodução

Carlos Eduardo Girão assume CGE. — Foto: Reprodução

Girão é graduado em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1995) e em Direito pela Universidade Católica Dom Bosco (2001). O responsável pela CGE é mestre em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo.

Ele é Servidor Público com provimento no cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle do Ministério da Transparência Fiscalização e Controle. Girão tem experiência na área de Administração, com ênfase em Contabilidade e Finanças Públicas.

Secretaria de Governo: Pedro Caravina

 

Pedro Caravina é o novo secretário de Governo de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Pedro Caravina é o novo secretário de Governo de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Pedro Arlei Caravina foi eleito deputado estadual neste ano. A partir de 2023 passa a assumir a secretaria de Governo de Mato Grosso do Sul. O político é delegado e foi prefeito, por dois mandatos, de Bataguassu (MS), e presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul).

Natural de Presidente Prudente, interior de São Paulo, Caravina tem 48 anos, é formado em Direito pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) e pós-graduado em Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Aos 20 anos, iniciou sua carreira na segurança pública como investigador de Polícia Civil.

Secretaria da Saúde: Maurício Simões Corrêa

 

Secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Maurício Simões Corrêa é médico cirurgião especialista nas regiões da cabeça e pescoço. Já foi diretor presidente de um dos maiores hospitais particulares de Mato Grosso do Sul.

O novo secretário é filho de produtores rurais. Na gestão de Eduardo Riedel, Simões terá a continuidade na tentativa de regionalizar a saúde como uma das ações da pasta.

Secretaria de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania: Marcelo Miranda

 

Marcelo Miranda é novo secretário do Turismo e outros setores de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Marcelo Miranda é novo secretário do Turismo e outros setores de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Marcelo Miranda é da área dos esportes. Formado em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), o novo secretário tem pós-graduado em Treinamento Desportivo pela PUC-MG e tem mestrado em Motricidade Humana (Unicamp).

O novo secretário foi o técnico vice-campeão nacional de handebol em 1989, já levou seus conceitos inovadores à UCDB, onde implantou o primeiro curso de bacharelado de Educação Física do estado e membro efetivo do Conselho Federal de Educação Física.

Escritório de Parcerias Estratégicas: Eliane Detoni

 

Eliane Detoni assume o Escritório de Parcerias Estratégicas de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Eliane Detoni assume o Escritório de Parcerias Estratégicas de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Eliane Detoni é graduada em Arquitetura e Urbanismo, especialista em Gestão Regional e Urbana pela UFMS e Direito Urbanístico e Ambiental. Ela é especialista em PPP e Concessões pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP) e pela London School of Economics and Political Science (LSA), Especialista em Negócios e Direito da Infraestrutura pelo Cedin e possui Certificação Internacional CP3P (F) da APMG International.

Na área pública desde 1992, exerceu diversos cargos na Prefeitura de Campo Grande, onde participou dos mais importantes programas e projetos relacionados às políticas públicas a ao desenvolvimento urbano. Foi professora titular da disciplina de Planejamento Urbano na Universidade Católica Dom Bosco e atuou como consultora em vários municípios, em projetos financiados por organismos multilaterais de crédito.

Formada pelo Programa de Desenvolvimento de Conselheiros de Administração da Fundação Dom Cabral e atualmente é Conselheira da Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das Parcerias Público-Privadas (Rede PPP)..

Secretaria de Direitos Humanos e Assistência Social: Elisa Nobre

 

Elisa ficará na secretaria só até fevereiro.  — Foto: Reprodução

Elisa ficará na secretaria só até fevereiro. — Foto: Reprodução

Elisa Nobre assume como secretaria de Estado de Direitos Humanos e Assistência Social já com data para sair. A novo secretária ficará à frente da pasta apenas até fevereiro de 2023, quando outro nome será anunciado para a secretaria.

Elisa é graduada em Serviço Social pela Universidade Católica Dom Bosco (1992) e Especialização em Gestão de Políticas Públicas Sociais/UNIDERP (2003). Tem mestrado Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2009).

A nova secretaria atua mos seguintes temas: Política Pública, Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS, Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, Monitoramento e avaliação, Terceiro Setor, Educação, Formação de Professores, Migração e Memória.

Secretaria de Educação: Helio Queiroz Daher

 

Helio assume a secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul.  — Foto: Reprodução

Helio assume a secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul. — Foto: Reprodução

Helio Queiroz Daher é graduado em Geografia e especialista em Gestão Escolar pela UFMS. O professor é Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Ele é professor efetivo na Prefeitura de Campo Grande.

Durante o mandato de Reinaldo Azambuja, Helio foi coordenador de Educação Básica da Secretaria de Educação, superintendente de Gestão da Rede e Normatização da Secretaria Educação e superintendente de Orçamento e Finanças da pasta.

Fonte: Portal G1