falecom@consecti.org.br
(61) 3142-0555

Computadores antigos da Saúde serão doados para reciclagem no DF - Consecti

Giro nos estados
28 novembro 2022

Computadores antigos da Saúde serão doados para reciclagem no DF

A Secretaria de Saúde está investindo R$ 35,6 milhões na compra de 7.569 computadores para renovar todo o parque de informática da pasta | Foto: Sandro Araújo / Agência Saúde DF

Até fevereiro, o parque de computadores de todas unidades da Secretaria de Saúde (SES-DF) será renovado com 7.569 equipamentos, num investimento de R$ 35,6 milhões. A iniciativa faz parte do programa Renova SES Computadores, que também vai garantir responsabilidade socioambiental. Ou seja, as máquinas antigas serão recondicionadas ou mesmo redirecionadas para o descarte ecologicamente correto de eletroeletrônicos.

“Por meio do programa Reciclotech, estamos auxiliando com a formatação das máquinas antigas, instalação das novas e descarte”, explica o subsecretário de Projetos e Execuções da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Anderson Freire de Souza. A pasta é responsável pelas ações daquele programa de governo, criado em 2021 e hoje responsável pelo descarte adequado de quase 100% do lixo eletrônico produzido no Distrito Federal. A portaria conjunta das duas pastas foi publicada nesta segunda-feira (7) no Diário Oficial do DF (DODF)e terá validade por seis meses.

“A parceria com o Reciclotech vai permitir a destinação correta dos inservíveis, elevando a Secretaria de Saúde a um novo patamar de consciência ambiental”Thiago Martins, gerente do projeto Renova SES Computadores

De acordo com o gerente do projeto Renova SES Computadores, Thiago Martins, as máquinas retiradas de serviço serão formatadas, limpas e concentradas no Parque de Apoio da secretaria, onde vão ser oficialmente transferidas para a Secti. “A parceria com o Reciclotech vai permitir a destinação correta dos inservíveis, elevando a Secretaria de Saúde a um novo patamar de consciência ambiental”, afirma. O planejamento é de que o número de computadores descartados seja semelhante ao adquirido, com a substituição total dos modelos mais antigos.

Recuperação e reciclagem

Instituído pelo Decreto 41.859/2021, o Reciclotech tenta aproveitar os eletrônicos recebidos primeiro com a revitalização. Componentes ainda em bom estado de conservação são retirados de diferentes computadores para dar origem a máquinas ainda em condições de uso. Mais de 50 escolas do Distrito Federal e 35 telecentros já foram beneficiados com o recebimento de computadores recuperados.

Congresso vai debater inovação, ensino e pesquisa em saúde

“Nosso objetivo é devolver para a sociedade equipamentos aptos. Analisamos os que estão disponíveis e levamos para uma unidade para recondicionar. Deixamos limpo, trocamos HD, peças e memória para poder entregar como novo para a comunidade”, detalha Anderson Freire, da Secti. “Os que não prestam, fazemos o descarte consciente, desmontando e separando os itens (como plástico, alumínio e cobre), que são encaminhados para as indústrias”, completa.

Doações

O Reciclotech recebe equipamentos de órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) e faz a coleta do material doado em mais de 100 pontos de entrega voluntária. Confira os locais dos pontos do programa.

Fonte: Agência Brasília