falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

Cobertura de 5G em São Paulo alcança 25% da cidade - Consecti

Giro nos estados
03 agosto 2022

Cobertura de 5G em São Paulo alcança 25% da cidade

O 5G será turbinado em São Paulo a partir de quinta, 4/8, com a liberação da faixa de 3,5 GHz para oferta de serviços na maior cidade do Brasil. E segundo a Anatel, a cobertura chegará a 25% do município na largada da nova tecnologia, conforme indicam os pedidos de licenciamento de antenas já apresentados pelas operadoras.

“Nessa primeira fase, segundo as regras do Edital do 5G, seriam necessárias, no mínimo, 462 estações ativadas até 29 de setembro. Até esta terça-feira (2/8), no entanto, a Anatel já havia recebido 1.378 pedidos de licenciamento na faixa de 3,5 GHz, quase o triplo do total de antenas que deverão ser instaladas no município neste ano”, informa a agência.

Ainda segundo a Anatel, o número de pedidos de licenciamento de estações para a ativação do 5G standalone na cidade de São Paulo já representa cerca de 30% do total de estações atualmente ativas (4.592), o que permitiu ao Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (GAISPI) estimar a cobertura em 25% da área urbana de São Paulo, uma vez que a propagação na faixa do 3,5 GHz é menor.

A partir das licenças para instalação de estações radiobase já protocolados no regulador, a maior concentração de antenas no está no Centro Histórico, na região da Avenida Paulista e no Itaim Bibi. Já os bairros da Aclimação, da Mooca e do Brás, por exemplo, terão cobertura menor.

Em reunião do GAISPI nesta terça, foi aprovada a liberação do uso da faixa de 3,5 GHz na capital paulista a partir de 4/8. A Anatel informa que foram instalados equipamentos para evitar interferências em 226 estações do Serviço Fixo por Satélite (FSS) e realizados testes para confirmar a operação livre de interferências.

São Paulo, assim, é a quinta cidade do país a receber o sinal verde para uso dessa fatia do espectro, considerada a ideal para o 5G. A nova geração chegou primeiro em Brasília, em 6/6, depois Belo Horizonte, João Pessoa e Porto Alegre, em 29/7.

Fonte: Convergência Digital.