falecom@consecti.org.br
(11) 3718-6515 (61) 97400-2446

1ª Amostra de Mulheres Empreendedoras no Amapá reforça a importância da autonomia financeira - Consecti

1ª Amostra de Mulheres Empreendedoras no Amapá reforça a importância da autonomia financeira - Consecti

Giro nos estados
06 dezembro 2021

1ª Amostra de Mulheres Empreendedoras no Amapá reforça a importância da autonomia financeira

O Governo do Amapá segue com a campanha de 16 Dias de Ativismo, promovendo diversas atividades de conscientização e capacitação profissional voltadas para o fim da violência contra as mulheres e meninas.

Na sexta-feira, 3, a 1ª Amostra de Mulheres Empreendedoras reforçou a importância da autonomia financeira. Durante o evento, 35 participantes puderam expôr para vendas diversos produtos feitos por elas.

De acordo com a Secretaria Extraordinária de Políticas para Mulheres (SEPM), responsável pelo evento, a relação de dependência financeira dentro do casamento leva muitas vítimas de violência doméstica a não denunciarem os agressores, que no caso são os próprios maridos.

“Proporcionar eventos que estimulam a autonomia econômica de mulheres empreendedoras é muito importante, tanto para o fim da violência doméstica, como também para garantir a renda de mães que são chefes de família”, disse a coordenadora da amostra, Anna Carolina Maciel.

A programação contou com a venda de louças, móveis rústicos, cosméticos, artesanatos, bijuterias, quadrinhos, roupas de brechó, plantas, comidas típicas, drinks personalizados com frutas da Amazônia, entre outros.

Algumas das participantes recebem assistência nos centros de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM) e de Atendimento à Mulher e à Família (CAMUF) e no Núcleo de Acolhimento às Mulheres Amapaenses Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (AMA/LBTI), além de empreededoras ligadas aos movimentos sociais.

Para a empreendedora Erica Cristina Santos, de 39 anos, o evento a fez se sentir representada e importante dentro da sociedade. Ela atua no segmento de costura criativa, com a produção de bichos de pelúcia desenvolvidos a partir de materiais de malha e veludo antialérgicos.

“Me senti representada. Na amostra, eu pude apresentar o meu trabalho, divulguei o meu contato e consegui fazer algumas vendas, além da experiência e do conhecimento adquiridos durante a programação”, ressaltou.

O Governo do Amapá prestou, ainda, serviços de informação e direcionamento para melhorar os negócios e potencializar os produtos ou serviços. Participaram as agências de Desenvolvimento (Agência Amapá) e de Fomento (Afap) e a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (SETE). O evento também contou com apoio da Prefeitura de Macapá.

Fonte: Notícias do Estado do Amapá