falecom@consecti.org.br
(61) 97400-2446

16º edição do prêmio Fapema premia mais de 50 profissionais da ciência - Consecti

16º edição do prêmio Fapema premia mais de 50 profissionais da ciência - Consecti

Giro nos estados
17 dezembro 2021

16º edição do prêmio Fapema premia mais de 50 profissionais da ciência

Na noite da última quinta-feira (02/10) foi realizada, no Teatro Arthur Azevedo, a 16º cerimônia do prêmio FAPEMA. O evento premiou mais de 50 profissionais em 9 categorias, graças ao aporte financeiro de R$ 216.000,00 (duzentos e dezesseis mil reais) concedido pelo Governo do Estado do Maranhão e definido na programação financeira da Fundação. Pesquisadores, autoridades, imprensa e a comunidade em geral puderam prestigiar o evento, que também foi transmitido pelo canal oficial da Fapema no Youtube, já que a solenidade presencial contou com público reduzido em virtude das medidas de segurança impostas pelo Covid-19.

O evento contou com a presença dos pesquisadores finalistas e seus amigos e familiares, bem como representantes das Instituições de ensino e autoridades políticas, como o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Maranhão, Davi Telles (foto), que destacou a importância de um Governo que prioriza a ciência e que, na contramão das tendências do resto do País, segue investindo fortemente: “um projeto de desenvolvimento não pode abrir mão, enquanto coluna vertebral, dos processos que são desencadeados somente pela ciência” destacou o secretário.

Além de acompanhar a entrega das premiações, o público também pôde prestigiar a apresentação da Orquestra Jovem do Maranhão João do Vale, comandada pelo Maestro Edson Cosmos Santos Alves. Com 65 músicos, entre coristas e instrumentistas, a orquestra é a maior de todo o Estado.

Ao todo foram 52 premiados nesta edição do prêmio Fapema, e para selecioná-los foi realizado um longo e rigoroso processo que começou desde o recebimento das propostas, em agosto deste ano. Desde então, tanto a equipe de técnicos da FAPEMA quanto os pesquisadores doutores que compõem o quadro de consultores ad hoc da Fundação se dedicaram para selecionar os melhores trabalhos científicos em meio à muita produção de qualidade.

A categoria Pop vídeo ciências, no entanto, foi escolhida pelo próprio público. Essa categoria é destinada para estudantes de Ensino Médio, Técnico, Superior, Mestrado ou Doutorado, que foram bolsistas da Fapema entre Agosto de 2019 e Julho de 2021, e que produziram vídeos apresentando suas pesquisas. Para escolher os vencedores, foi realizada uma votação online e aberta ao público no site da Fapema.

Para os pesquisadores contemplados com o prêmio, o sentimento é de gratidão pelo reconhecimento e de motivação para continuar contribuindo com o desenvolvimento científico do Estado. É o caso da Juliana Mendes Souza, premiada na categoria Jovem Cientista: Ciências Biológicas, pelos seus estudos sobre Leishmaniose. Para Juliana, que pretende continuar estudando esta área no Mestrado, o reconhecimento da sua pesquisa ajuda a dar mais visibilidade para os estudos sobre esta doença que ainda afeta muito o nosso estado: “eu sinto que nós como pesquisadores temos que dar um retorno para o nosso Estado. A gente se forma aqui, inicia a nossa vida como pesquisador aqui, e eu sinto que é interessante pra gente fazer uma pesquisa dentro de uma área de interesse da população, que ainda sofre com essa patologia” explicou Juliana.

Como o tema da edição 2021 do prêmio Fapema foi “Mulheres Cientistas do Maranhão”, foram homenageadas três pesquisadoras de destaque na produção científica do Estado: Angélica Macêdo (IFMA), Luciane Brito (em memória, UFMA) e Zafira de Almeida (UEMA). Angélica Macêdo é formada em Química pela Universidade do Ceará, possui mestrado em bioquímica pela mesma instituição e Doutorado em Biotecnologia pela Rede Nordeste de Biotecnologia/UFC. Luciane Brito foi médica, e possuía mestrado e doutorado em Ginecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, além de Pós Doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Já Zafira de Almeida possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Maranhão, Mestrado em Oceanografia pela Universidade Federal de Pernambuco e Doutorado em Zoologia pela Universidade Federal do Pará/Museu Emílio Goeldi. Angélica Macêdo recebeu a própria homenagem no palco, e além de agradecer a honraria, reconheceu a importância da Fundação de Apoio para a realização de pesquisa no Estado: “O trabalho que a Fapema faz é belíssimo, eu sempre digo que ela é a nossa principal apoiadora, porque 80% dos nossos recursos são financiados por ela”.

Luciane Brito, já falecida, foi representada por sua filha Haissa Brito de Oliveira. Em seu discurso no palco, Haissa lembrou de toda a dedicação da sua mãe com a pesquisa, que ela pôde acompanhar desde a infância, e, emocionada, destacou o importante legado que ela deixou bem como o impacto da sua ausência: “Além de uma grande Professora ela foi uma grande Mãe, quando ela faleceu não fui só eu que fiquei órfã, vários alunos também ficaram”. Já Zafira de Almeida, que se encontra hospitalizada em virtude de um câncer que vem enfrentando, foi representada pelo seu marido Cláudio Leão Torres. Em seu discurso, também emocionado, Cláudio destacou a dedicação da sua esposa para a pesquisa, que mesmo acometida da doença continuou trabalhando e produzindo: “Zafira é uma guerreira, está lutando até o dia em que puder lutar”.

Ao fim das premiações, o diretor-presidente da Fapema fez um breve discurso parabenizando os premiados, agradecendo a presença e a audiência de todos, e falando sobre a importância da ciência e desenvolvimento tecnológico especialmente em momentos de crise como o que a sociedade vem enfrentando por conta da pandemia do Covid-19. André ressaltou que novas tecnologias, antes vistas com receio pela comunidade, como ensino a distância ou teleconsultas médicas, foram fundamentais em tempos de isolamento social.

Além disso, o diretor-presidente destacou a importância da Fundação de Apoio como catalisadora desses processos, e lembrou de quando ela foi extinta em 1998, e da falta que ela fez para os pesquisadores e pesquisadoras do Maranhão, até finalmente ser recriada em 2003: “qual seria o impacto para o Maranhão se a Fapema fosse extinta na atualidade? Qual seria o impacto para o Estado se ele perdesse a sua única agência de fomento à pesquisa? qual seria o reflexo disso para o desenvolvimento científico e tecnológico do nosso estado?” refletiu André, que ressaltou que a Fapema não precisaria ser extinta para perder a sua influência: “bastaria diminuir ou eliminar os recursos aos pesquisadores ano após ano” destacou o presidente, reafirmando a importância de seguir ampliando os investimentos em pesquisa.

Ao final da premiação, os convidados foram brindados com o excelente show da cantora maranhense Flávia Bittencout (foto) que no repertório trouxe música popular brasileira e maranhense da melhor qualidade, além de uma canção de autoria própria.

 

 

 

 

Confira aqui a lista de premiados no Prêmio Fapema 2021

Pesquisador Júnior

1º Lugar – Jhony Christyan Medeiros de Sousa, do IFMA/Maracanã: “Gente da Maré: um olha sobre a percepção ambiental de marisqueiros”, orientado pela professora doutora Izabel Cristina da Silva Almeida Funo.

2º Lugar – Lucas Martins Leite, IFMA/Monte Castelo: “Dicionário Ilustrado da Construção Naval Tradicional”. O trabalho teve a orientação da professora doutora Ivana Marcia Oliveira Maia.

3º Lugar – Yasmin Sousa Silva, IFMA/Monte Castelo, com o trabalho “Desenvolvimento de Gráficos Táteis Utilizando Técnicas de Prototipação”, também sob a orientação de Ivana Maia.

 

Jovem Cientista:

Ciências Agrárias – Paulo Protásio de Jesus, IFMA/Maracanã: “Ostreicultura como Ferramenta de Inclusão Produtiva Quilombola no Município de Bequimão, MA”. A orientação foi da professora doutora Izabel Cristina da Silva Almeida Funo.

Ciências Biológicas- Juliana Mendes Sousa, UFMA: “Perfil Metabolômico de Isolados de Infantum Reflete Diferenças na Resposta do Patógeno à Anfotericina B” orientada pela professora doutora Mayara Ingrid Sousa Lima.

Ciências Exatas e Engenharias- Lisle Faray de Paiva, UFMA: “Classificação de Marcações Anatômicas do Trato Gastrointestinal em Imagens de Endoscopia Utilizando Redes Neutrais Convulsionais com a Função Triplet Loss”. O trabalho teve a orientação do professor doutor Anselmo Cardoso de Paiva.

Ciências Humanas, Sociais e Linguística Letras e Artes – Luísa Mara Silva Lima, da UEMA/Buriti Bravo: “A Personagem Masculina em Aluísio Azevedo”, que teve a orientação do professor doutor Emanoel Cesar Pires de Assis.

Ciência da Saúde – Eduardo Bandeira Sousa Silva, UFMA: “Nanopartículas Bioativas de Niobato de Cálcio para Desenvolvimento de Sistemas Adesivos”. A orientação foi do professor doutor José Roberto de Oliveira Bauer.

 

Dissertação de Mestrado

Ciências Agrárias – Ygor Nascimento Portela, UFMA/Chapadinha: “Potencial de Utilização de Subprodutos do Babaçu em Silagens de Cana em Ração Total como Alternativa Nutricional para Ruminantes”. A orientação foi do professor doutor Anderson de Moura Zanine.

Ciências Biológicas – Lorena Gonçalves Araújo, UNICEUMA: “Caracterização Fenotípica e Molecular da Amostra Clínica ITU67 Isolada de um Caso de Infecção do Trato Urinário”, sob a orientação do professor doutor Afonso Gomes Abreu Júnior.

Ciências Exatas e Engenharia – Elilson Santos, UEMA: “Aplicação Móvel Flexível para Classificação de Imagens Utilizando Deep Learning: um estudo de casos sobre doenças pulmonares”. O trabalho foi orientado pelo professor doutor, Omar Àndres Carmona Cortès.

Ciências Humanas, Sociais e Linguística Letras e Artes – Janaina Lopes de Amorim, UFMA/Imperatriz: o “O Corpo está no Contrato? – Estudo sobre as ocorrências de assédio sexual contra mulheres jornalistas nas redações de Imperatriz”. A orientação foi da professora doutora, Thaisa Cristina Bueno.

Ciências da Saúde – Ana Paula Matos Ferreira, UFMA: “SOS Mama: aplicativo móvel para puérperas que vivenciam dificuldades no aleitamento materno”. A pesquisa teve a orientação da professora doutora Adriana Gomes Nogueira Ferreira.

Inovação Tecnológica:

Rosane Nassar Meireles Guerra, UFMA: “Fitoterápico Anti-Hiperglicêmica ou Hipoglicemiante Obtido a partir da Ximenia Americana L. E seu uso”. Na ocasião do evento a premiada foi representada pelo professor doutor e pesquisador, Eduardo Bezerra de Almeida Júnior da mesma instituição (foto).

 

 

Jornalismo Científico:

José Raimundo Soares Júnior (foto) – com o quadro “Chame o Psique”, do Bom Dia Mirante.

 

 

 

 

Pop Vídeo Ciências:

1º Lugar – Ana Melissa de Moraes Câmara, IFMA/Maracanã: “Influência da Densidade de Estocagem no Crescimento e na Sobrevivência da Ostra Nativa Crassotrea na Região Estuarina do Município de Bequimão (MA)”. A pesquisa teve a orientação da professora doutora Izabel Cristina da Silva Almeida Funo.

2º Lugar– Thauana Oliveira Rabelo, UFMA: “Plantas que Curam: Importância Cultural do Conhecimento dos Benzedores de Anajatuba (MA)”. A pesquisa foi orientada pelo professor doutor Eduardo Bezerra de Almeida Júnior.

3º Lugar – Luila Silva Lima, UFMA/Caxias: “A Personagem Feminina em Aluísio Azevedo” com a orientação do professor doutor Emanoel César Pires de Assis.

Tese de Doutorado:

Ciências Agrárias – Renata Mondego de Oliveira, Fiocruz/UEMA: “Efeito Leishmanicida do Óleo Essencial de Vernonia Brasiliana (L.) Druce (Asteraceae) em Leishmania Infantum” sob a orientação da professora doutora Ana Lucia Abreu Silva.

Ciências Biológicas – Adrielle Zagmignan, UNICEUMA: “Efeitos dos Sucos de Frutas do Cerrado Maranhense na Viabilidade de Cepas Probióticas e em Modelos de Endotoxemia Experimental”. O trabalho foi orientado pelo professor doutor Luís Cláudio Nascimento Silva.

Ciências Exatas e Engenharias – João Otávio Bandeira Diniz, UFMA: “Métodos para Segmentação de Medula Espinhal e Esôfago em Tomografia Computadorizada de Planejamento à Radioterapia”, sob a coordenação do professor doutor Aristófanes Corrêa Silva.

Ciências Humanas, Sociais e Linguísticas Letras e Artes – Rosalva de Jesus dos Reis, UFMA: “Reserva Extrativista Marinha de Cururupu: Limites e Possibilidades à Sustentabilidade Ambiental”. A orientação foi da professora doutora Cláudia Maria da Costa Gonçalves.

Ciências da Saúde – Edilausson Moreno Carvalho, UFMA: “Desenvolvimento de Sistemas Adesivos Autocondicionantes Bioativos: Caracterização Físio-Química, Análise da Interface de União e Biotividade”, sob a orientação do professor doutor José Ribeiro de Oliveira Bauer.

Pesquisador Sênior:

Ciências Biológicas- Eduardo Bezerra de Almeida Júnior, UFMA.

Ciências Humanas, Sociais e Linguística Letras e Artes – Luciano da Silva Façanha, UFMA.

Ciências da Saúde – Erika Bárbara Abreu Fonseca, UFMA.

 

Fonte: FAPEMA MA