+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Inova RS lança projeto de identidade digital para ambientes de inovação

O Rio Grande do Sul deu o primeiro passo em direção à criação de um sistema único e confiável de compartilhamento de dados e serviços entre ambientes de inovação. A Identidade Digital para usuários dos ambientes de inovação do ecossistema gaúcho (Inova ID-RS) faz parte de um projeto piloto liderado pelo Inova RS da região Metropolitana e Litoral Norte, programa da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado (SICT), em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). A reunião virtual de lançamento ocorreu no dia 27 de julho e contou com a presença dos diretores de cinco ambientes de inovação convidados, que farão parte deste primeiro momento do projeto.

Dentre outras ações, o Inova ID-RS tem como objetivo possibilitar a colaboração e o compartilhamento de diversos serviços em um ambiente seguro para uma federação composta por estes atores. Com sua identidade digital federada, empreendedores e outros usuários poderão facilmente autenticar seu login de usuário e acessar os serviços online da federação. Com isso, o projeto visa conectar ambientes de inovação primeiramente em caráter regional e, posteriormente, podendo abranger instituições de todo o Brasil.

A iniciativa faz parte do projeto guarda-chuva da região dentro da área estratégica “Tecnologias de Informação e Comunicação”, o RS³, que tem como objetivo o desenvolvimento do ecossistema regional por meio de conexões, capacitações e captações. O RS³ foi priorizado pela própria região a partir da reunião da Mesa do Inova RS da região Metropolitana e Litoral Norte, realizada no dia 15 de outubro de 2020 e que contou com lideranças locais representando o tecido empresarial, universidades, sociedade civil organizada e entes públicos.

No encontro, foi gerado um cronograma conjunto de trabalho que estabelece a cooperação ativa dos ambientes de inovação juntamente às equipes da RNP e do Inova RS até dezembro de 2021. A próxima atividade programada é um treinamento sobre federação de identidade. Posteriormente, será iniciado o processo de design thinking com todos os participantes, a fim de possibilitar o início do desenvolvimento tecnológico do projeto piloto.

Estiveram presentes na reunião do dia 27 de julho: Pedro Valério, do Instituto Caldeira; Rafael Prikladnicki e Leandro Pompermayer, do Tecnopuc; Sandra Schafer e Marina Bohrer da Tecnosinos; Ana Paula Matei, do Parque Zenit/UFRGS; e Manuela Bruxel, do Feevale Techpark; além da equipe gestora do projeto. A abertura institucional do encontro foi realizada de forma síncrona pelo Secretário-Adjunto de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Ricardo Bastos, e de maneira assíncrona pela Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da RNP, Iara Machado.

“Para a RNP, é uma oportunidade de trabalhar junto com o ecossistema de inovação do Rio Grande do Sul na construção de uma federação de identidade digital, utilizando nossa experiência exitosa com a comunidade acadêmica. Acreditamos que esse projeto promoverá uma integração desse ambiente e propiciará uma maior interação entre a academia e as empresas emergentes. O seu aspecto inovador também é um ponto importante, pois essa solução poderá ser aproveitada para outras comunidades”, declarou a diretora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da RNP, Iara Machado, durante a primeira reunião de alinhamento do grupo.

O que é o Inova RS?

O Inova RS foi lançado em agosto de 2019 pelo Governo do Rio Grande do Sul e regulamentado pelo Decreto n. 54.767/2019. O programa é promovido pela Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (SICT/RS) e tem como objetivo tornar o Estado uma referência global em inovação como estratégia de desenvolvimento local.

Sobre a RNP

Qualificada como uma Organização Social (OS), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações do Governo Federal (MCTI) e mantida por esse, em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Turismo, Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial RNP (PRO-RNP). Pioneira no acesso à internet no Brasil, a RNP planeja, opera e mantém a rede Ipê, que é uma infraestrutura óptica nacional acadêmica de alto desempenho. Com Pontos de Presença em 27 unidades da federação, a rede conecta 1.700 campi e unidades nas capitais e no interior. São mais de quatro milhões de usuários usufruindo de uma infraestrutura de redes avançadas para comunicação, computação e experimentação, que contribui para a integração dos sistemas de Ciência e Tecnologia, Educação Superior, Saúde, Cultura e Defesa.

Fonte: SICT RS em 16/08/2021

Próximos Eventos