Notícias

Vendas de computadores no Brasil crescem 12,5% no segundo trimestre

O Brasil assumiu a terceira colocação na venda de computadores no segundo trimestre, segundo a consultoria IDC. No período, foram vendidas 3,86 milhões de máquinas, 12,5% a mais do que no mesmo período do ano passado.

O número representa, também, um novo recorde de vendas em um trimestre. A marca anteiror, registrada no primeiro trimestre, era de mais de 3,6 milhões de computadores, sendo 50,5% notebooks e 49,5% desktops.

As vendas no segundo trimestre superaram em 95 mil unidades o desempenho do Japão, o que elevou a classificação do Brasil. Entre abril e junho, só China e Estados Unidos tiveram volumes de vendas maiores que o país.

Das 3,86 milhões de máquinas vendidas no segundo trimestre, 48,5% foram desktops e 51,5% notebooks. Com relação ao perfil do compradores, 69,5% foram consumidores domésticos, 25,8% empresas e 4,7% governos e o setor de educação.

Para o analista Martim Juacida, o resultado está diretamente ligado aos preços agressivos praticados ofertados pela indústria. “Com o dólar estável, os fabricantes têm conseguido manter seus preços em queda, gerando forte demanda, principalmente, no segmento doméstico”, afirma em comunicado.

Fonte: Valor On line

Próximos Eventos