+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Veja 5 desafios com prêmios a startups e inscrições abertas nesta semana

O mês de novembro começou com desafios voltados a startups em busca de recursos ou de conselhos de mentores para acelerar a expansão.

Para facilitar a busca para quem procura atividades online, EXAME preparou uma lista de desafios com inscrições abertas ao longo do mês de novembro.

Para além dos desafios, muitos empreendedores buscam cursos para desenvolvimento pessoais. Pensando nisso, EXAME Academy, braço de educação da EXAME desenvolveu uma trilha de conhecimento para startups em parceria com a aceleradora de negócios ACE.

No curso, empreendedores de todos os setores aprendem o passo a passo da inovação disruptiva – e os motivos pelos quais ela é fundamental para o sucesso do negócio. Veja mais aqui.

1 – Desafio “Bring your Saas” da Meta Ventures

Até quando vão as inscrições: 30 de novembro
Custo: gratuito
Onde: pelo site dedicado ao desafio 

A Meta Ventures, braço de investimentos de uma das maiores companhias de tecnologia do país, com unidades em seis estados e operações no Canadá e Estados Unidos, quer ampliar sua participação no ecossistema de inovação aberta no país. Desde 2019 já investiu 3 milhões de reais em startups de big data, internet das coisas. Em quatro anos, a Meta quer aportar 20 milhões de reais em negócios de software como serviço.

Para acelerar esta aproximação com empresas nascentes, propõe um desafio inédito para startups. Os finalistas poderão participar de projetos estratégicos junto a base de clientes da empresa, terem acesso a mentorias, treinamentos e a uma imersão no ecossistema de inovação da região de Toronto, no Canadá, onde a Meta tem uma unidade de negócios, além de participar do evento Collision 2021, em junho do próximo ano.

A prioridade de investimentos são em startups que estejam já estejam operacionais, com seus primeiros clientes e produto minimamente validado em seus mercados, e que queiram ampliar o acesso comercial e melhoria de produto.

“A ideia é apoiar startups já operacionais e em fase de expansão das receitas, justamente quando elas mais precisam de capital”, diz Márcio Flôres, diretor de inovação aberta da Meta.

2 – Programa Irani Labs com a aceleradora Grow

Até quando vão as inscrições: 20 de novembro
Custo: gratuito
Onde: pelo site dedicado do programa

A Irani Papel e Embalagem, uma das líderes brasileiras do setor, abriu inscrições para programa de aceleração de negócios em parceria com a Grow+, aceleradora de startups e gestora de investimentos.

De acordo com Sérgio Ribas, CEO da Irani Papel e Embalagem, o principal objetivo é se conectar com startups brasileiras que seguem os mesmos princípios que a empresa: desenvolver oportunidades tendo como princípio a sustentabilidade.

Para estar apto a participar da primeira edição do programa, é necessário que a startup esteja em fase de desenvolvimento de produto, com pelo menos um produto mínimo viável ou em fase de escala.

Na etapa seguinte, de 23 de novembro a 7 de dezembro, serão selecionadas dez startups que apresentarão seus projetos no Demoday, evento online que será realizado no dia 17 de dezembro. Neste dia, que representa a fase final, uma banca de avaliação analisará as soluções apresentadas e anunciará até três startups vencedoras.

As startups são convidadas a apresentar projetos focados em cinco temáticas definidas como prioritárias. São elas: gestão de resíduos, coleta e gestão de aparas, tecnologias florestais, novos produtos e serviços, além de modelos de negócios inovadores.

3 – Conecta Caldeira

Até quando vão as inscrições: 6 de novembro
Custo: gratuito
Onde: no site dedicado ao programa no Instituto Caldeira

O Conecta Caldeira, programa que aproxima startups com empresas fundadoras do Instituto Caldeira com parceria técnica da Semente Negócios, está em busca de startups para resolverem cinco grandes desafios para instituições financeiras como Agibank, Banco Topázio, Banrisul, Saque Pague e Sicredi. As inscrições são abertas para startups do mundo todo.

Dentre os desafios propostos estão temas como gestão e operação interna, produtos e serviços financeiros, crédito e microcrédito, relacionamento com o cliente e iniciativas de impacto social. Como pré-requisito de participação, as startups precisam estar em estágio de desenvolvimento de produto, com pelo menos um mínimo produto viável (MVP) em funcionamento ou prontas para apresentar suas soluções às instituições financeiras.

Além da aproximação de valor com os fundadores, o Conecta Caldeira oferece premiação de créditos de uso das instalações do Instituto Caldeira ao longo de um ano. A partir de janeiro de 2021, além de uma data de utilização do espaço Caldeira para a promoção de eventos e demais oportunidades. A startup destaque selecionada pela banca avaliadora terá o crédito de uso estendido para dois anos, além de duas datas anuais de utilização do espaço Caldeira.

4 – Desafio LinkLab, da Acate

Até quando vão as inscrições: de 3 a 6 de novembro
Custo: gratuito
Onde: por meio do site do LinkLab

Um dos grandes desafios para as startups é conseguir oportunidades para apresentar seus produtos e serviços para grandes empresas. Para promover essa aproximação, o LinkLab, programa de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), promove nos dias 3, 4 e 5 de novembro a sétima edição do LinkLab Open Day[s], evento de conversas e negócios entre startups e corporates. Ambev, Engie, ArcelorMittal, Koerich, CTG Brasil e, Clamed Farmácias são algumas das empresas confirmadas. As inscrições são gratuitas e estão abertas para startups de todo o Brasil no site https://linklabopenday.com/

Durante os três dias de evento, os participantes terão a oportunidade de interagir com representantes das corporates em salas de bate-papo virtuais ao vivo, esclarecendo suas dúvidas sobre os desafios de inovação. As startups poderão encontrar previamente mais de 50 desafios mapeados pelas corporates no site do LinkLab,  e assim ver em qual deles sua solução pode ser mais adequada. Além disso, uma sala exclusiva ficará disponível para networking (entre startups, parceiros e corporates) e também um espaço da ACATE, no qual os participantes podem conhecer mais sobre a Associação e demais programas e benefícios.

O LinkLab conecta médias e grandes empresas a startups há mais de três anos com o objetivo de solucionar problemas e criar negócios inovadores. O programa está com chamadas abertas para startups se inscreverem na resolução de mais de 50 desafios até o dia 8 de novembro.  As empresas participantes buscam startups para promover inovação aberta e soluções para diversas áreas de negócios, como logística, marketing, data science, relacionamento com clientes, varejo, big data dentre outras.  Na página do LinkLab, é possível conhecer cada uma das corporates e seus os desafios

Para participar no LinkLab Open Day não é obrigatório se inscrever no LinkLab, porém para apresentar o seu pitch posteriormente caso haja interesse de alguma corporate, é preciso estar inscrito. As inscrições para o LinkLab são abertas o ano inteiro, mas é nesse momento que existem mais desafios rodando.

5 – EDF Pulse

Até quando vão as inscrições: 8 de janeiro de 2021
Custo: gratuito
Onde: pelo site do EDF Pulse no Brasil

O Grupo EDF abriu inscrições para a 2ª Edição do Prêmio EDF Pulse Brasil, que vai reconhecer projetos inovadores de empresas e startups nacionais que contribuam para os desafios das cidades e indústrias. O EDF Pulse Brasil 2021 vai oferecer dois prêmios de 20 mil reais, um para cada categoria – Smart City e Smart Factory.

Cada vencedor poderá apresentar a sua iniciativa às equipes da EDF Pulse Croissance, o fundo de investimento e incubadora do Grupo EDF. Além disso, caso alguma inovação seja de interesse das empresas do Grupo EDF no Brasil, haverá a possibilidade da realizar uma parceria para o desenvolvimento do projeto.

Estão habilitadas a concorrer pequenas empresas e startups, domiciliadas no Brasil e compostas por no máximo 30 colaboradores, que podem ter sociedade com empresas de até 500 pessoas. Para ser elegível, o projeto também precisa estar em nível avançado de desenvolvimento: contar com um protótipo, já ser comercializado ou estar na fase pré-marketing.

Fonte: Exame

Próximos Eventos