Notícias

USP tem ensino forte, mas influência de pesquisas é limitada, diz ranking

Conquistando o 178.º lugar, a Universidade de São Paulo (USP) apareceu pela quarta vez entre as 200 melhores universidades do mundo no ranking da Times Higher Education (THE), de Londres. Mas a posição pode ser ainda melhor se forem considerados apenas um dos cinco critérios: ensino, internacionalização, inovação, pesquisa e citações.

Segunda no ranking geral, Harvard oferece o melhor ambiente de aprendizado do mundo, de acordo com o levantamento. A USP, por sua vez, aparece em 52.º lugar: o ensino é seu ponto mais forte.

A USP apresenta seu pior desempenho na influência de suas pesquisas. No critério citações, aparece em 200.º lugar.

Da pior para a melhor colocação, estas são as posições da USP: citações (200.ª), internacionalização (191.ª), inovação (137.ª), pesquisa (64.ª), e ensino (52.ª). Veja abaixo as cinco melhores instituições, e a posição da USP, nos diferentes critérios do ranking.

GERAL

1.ª Caltech

2.ª Harvard

3.ª Stanford

4.ª Oxford

5.ª Princeton

178.ª USP

ENSINO (ambiente de aprendizado)

1.ª Harvard

2.ª Caltech

3.ª Stanford

4.ª MIT

5.ª Yale

52.ª USP

INTERNACIONALIZAÇÃO (diversidade das origens nacionais de alunos e professores)

1.ª Escola Politécnica Federal de Lausanne

2.ª ETH Zurique

3.ª Universidade de Genebra

4.ª London School

5.ª Australian National University

191.ª USP

INOVAÇÃO

1.ª Johns Hopkins

2.ª Duke

3.ª Universidade de Ciência e Tecnologia de Pohang (Coreia do Sul)

4.ª Universidade Wageningen (Holanda)

5.ª Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia

137.ª USP

PESQUISA (volume e reputação)

1.ª Universidade da Califórnia, Berkeley

2.ª Princeton

3.ª Stanford

4.ª Caltech

5.ª Harvard

64.ª USP

CITAÇÕES (influência das pesquisas)

1.ª Princeton

2.ª MIT

3.ª Caltech

4.ª Universidade da Califórnia, Santa Barbara

5.ª Rice University

200.ª USP

Fonte: O Estado de São Paulo

Próximos Eventos