+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Teste da USP é capaz de diagnosticar 416 vírus

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto desenvolveram uma plataforma capaz de diagnosticar, em amostras clínicas de pacientes, 416 vírus encontrados nas regiões tropicais do planeta.

A ferramenta, segundo seus criadores, poderá ser usada por centros de referência – como o Instituto Adolfo Lutz, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Evandro Chagas – para fazer a vigilância epidemiológica de patógenos com potencial para causar epidemias em humanos.

Resultados da pesquisa, coordenada por Victor Hugo Aquino, professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP-USP) e apoiada pela FAPESP, foram divulgados recentemente na revista PLoS Neglected Tropical Diseases.

“Com a chegada do verão, deve aumentar o número de pacientes com suspeita de infecção por dengue, Zika ou chikungunya. Mas, muitas vezes, o diagnóstico dessas doenças não é confirmado pelos métodos convencionais e ficamos sem saber quais vírus estão realmente circulando”, afirmou Aquino, autor principal do artigo.

Na avaliação do pesquisador, se uma ferramenta como essa estivesse disponível na época em que o Zika começou a circular no Brasil, talvez tivesse sido possível restringir a infecção a seu foco original. “Demoramos para perceber que estava ocorrendo uma epidemia no país porque ninguém estava pensando em Zika naquele momento”, disse.

Além dos patógenos que já causam impacto significativo na saúde pública brasileira, como os citados acima, o teste abrange outros que, por enquanto, só foram detectados de forma esporádica, mas apresentam potencial para se tornarem epidêmicos.

Um exemplo é o vírus Mayaro – alphavirus parente do chikungunya transmitido por mosquitos silvestres, como o Haemagogus janthinomys. Outro é o vírus Oropouche, que até o momento causa epidemias restritas às regiões ribeirinhas da Amazônia e é transmitido principalmente por mosquitos da espécieCulicoides paraensis (mosquito-pólvora ou maruim).

“Há ainda diversos vírus que, até o momento, não causam problemas para os humanos, mas um dia podem vir a causar. Eles estão evoluindo permanentemente e, com a degradação de ambientes naturais, agentes infecciosos antes restritos a seus nichos naturais podem migrar para regiões mais amplas”, alertou Aquino.

Embora o foco principal sejam os patógenos transmitidos por artrópodes, como mosquitos e carrapatos, também foram incluídos na plataforma agentes infecciosos transmitidos por pequenos mamíferos, como é o caso do hantavírus.

Conforme explicou Aquino, a seleção incluiu todos os vírus que ocorrem em regiões tropicais e possuem as informações genômicas registradas no GenBank, um banco público mantido pelo National Center for Biotechnology Information (NCBI), nos Estados Unidos.

Como funciona

A plataforma contém uma lâmina de vidro – do tipo comumente usado em microscópio – à qual são presas 15 mil sondas, formando uma espécie de microchip (microarray). Cada sonda contém impressas sequências de 60 nucleotídeos complementares ao genoma dos vírus a serem detectados.

Segundo Aquino, as sequências foram montadas com base nas informações do GenBank e com auxílio de ferramentas de bioinformática.

“Caso a amostra de sangue contenha um dos 416 vírus incluídos no microchip, o genoma do patógeno vai se ligar a uma dessas sondas, deixando uma marcação que pode ser detectada com um scanner”, explicou Aquino.

O aparelho que faz a leitura do resultado é o mesmo usado em estudos que analisam a expressão de genes pelo método de microarray – ainda não usual em laboratórios de análises clínicas.

“Em um primeiro momento, como o custo seria elevado, o teste não seria para toda a população, mas para pacientes com suspeita de dengue, Zika ou outras doenças febris que não tiveram um diagnóstico definido pelos métodos convencionais”, disse Aquino.

No momento, segundo os cálculos do pesquisador, com cerca de US$ 2 mil seria possível testar amostras de oito pacientes apenas. “Ainda é uma plataforma em desenvolvimento e os reagentes são todos customizados, mas estamos trabalhando para tentar reduzir o custo”, contou Aquino.

A validação da metodologia foi feita com 20 vírus disponíveis no Laboratório de Virologia da FCFRP-USP. Nos testes realizados, não foi identificada a ocorrência de reação cruzada, situação em que o resultado dá positivo para mais de um agente infeccioso e dificulta o diagnóstico.

No entanto, segundo Aquino, o método se mostrou eficaz para diagnosticar casos de coinfecção – por exemplo, quando um mesmo paciente é infectado por Zika e dengue ao mesmo tempo.

Parte do trabalho agora publicada na PLoS Neglected Diseases foi realizada durante o doutorado de Mohd Jaseem Khan, com Bolsa da FAPESP.

O artigo DNA Microarray Platform for Detection and Surveillance of Viruses Transmitted by Small Mammals and Arthropods pode ser lido aqui.

Fonte: Exame

He issued only a two game suspension to protect the league’s owners from a domestic violence issue that is not a priority. Or at least, that’s how it works in America. That’s the level of arrogance coming from the National NFL Jerseys Cheap Football League.. Although the Houston 93 documentary aired in late 2013, Cheap Jordan Shoes I didn’t actually catch a viewing of it until recently. Deal with the best stores to get the best products as well as to make a memorable experience of shopping.. The main worry is that they might come back.”I saw on the news that the Australian National University has forked out $57 million for a supercomputer that can do calculations in a few seconds that would take 14,000 connected desktop PCs over a week to work out. In modern pineapple cultivation, asphalt impregnated mulch paper is used by laying over the well drained soil. So if you are standing 20, when the ball comes out of your hand, as long as you walk straight up the foul line it will be 7 boards so you will be laying you ball down on 13 which is 3 boars left of the second arrow which is the 10 board and 3 is 13. (b) Construct map of the luciferase reporter constructs used in luciferase activity assays. The NFL, while notably frustrated by this ruling, noted it was a setback and assured the public that they would appeal, setting the stage for an even longer ensuing legal battle that could set a new legal precedent.. Any good design program is worth it weight in gold, That definitely an interesting program. TOM GOLDMAN, BYLINE: You’d think New England center Bryan Stork a 6’4, 310 pound mountain of a man Knockoff Oakleys would want to come out of the shadows, tell the world his job. And I’m have to say that cleaning. I’m now leaning more toward believing the whole creature was pasted into the image and then branches and twigs were added in the foreground. One of the common things you’ll find, let’s paddle forward on the other side, is that until you get your timing down, you might hit the persons paddle in http://www.oakleysunglassess.com front of you. The three remained jailed Thursday. No matter whatthe cause of your dislike, your daughter understands that you don’t like her and I believe there is no way that this could NOT make things worse.. The air molecules react with the iron in the hand warmer bag and form iron oxide, otherwise known as rust. The Knockoff Oakleys Sale Commission on the Status of Women has been responsible for organizing and following up the world conferences on women in Mexico (1975), Copenhagen (1980), Nairobi (1985) and Beijing (1995). Now, bring the needle up about 1/4 inch away from the first spot and pull the needle through the loop before drawing the thread tight.

Próximos Eventos