+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Telemedicina atendeu 7,5 milhões no Brasil a partir da nova lei

Um ano de vigência Lei 13.989/20, que abriu caminho para a disseminação da telemecidina, mais de 7,5 milhões de atendimentos foram realizados à distância, por mais de 52,2 mil médicos no Brasil. Desses, 87% foram primeiras consultas. 

Os dados são da Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital, que aponta resolutividade de 91%, ou seja: pacientes que não precisaram recorrer ao pronto-socorro em segunda instância. A organização estima que 75 mil vidas tenham sido salvas no Brasil com a telemedicina.

A telemedicina é definida como o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde. O médico deve informar o paciente sobre limitações próprias do uso da telemedicina, já que não é possível realizar exame físico durante a consulta. 

Outro levantamento, este feito em 40 países, pela empresa de computação em nuvem Sinch, apontou que 38% de 2,8 mil entrevistados utilizou a telemedicina durante a pandemia de Covid-19. Os percentuais mais altos foram identificados na Índia (65%), Estados Unidos (48%) e Brasil (43%).

Fonte: Convergência Digital em 21/07/2021

Próximos Eventos