+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Telecentros renovam fôlego e ganham novo status na Inclusão Digital

A consulta pública aberta pelo governo nesta quarta-feira, 18/10, para discutir políticas públicas para Telecomunicações tem um efeito central: destacar, oficialmente, a inclusão digital, pontua o diretor de Inclusão Digital do MCTIC, Américo Bernardes.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Bernardes fala de um tema caro ao mercado e que estará em debate: o tratamento e compartilhamento de dados gerados a partir da digitalização dos municípios e da oferta de serviços públicos ao cidadão. “A ideia é ampliar o escopo dos dados abertos e amplificar a coleta de informações para a geração de novos produtos”, reforça Bernardes.

Outro ponto significativo: Os telecentros, criados em 2008, estão de fôlego renovado e ganham novo status na estratégia. “Temos uma demanda de 2000 municípios por telecentros. São mais de 15 milhões de brasileiros que usam os telecentros. Ano a ano cresce o número de pessoas que acessa à Internet por um ponto público. Os telecentros são um ponto público e precisam estar onde a Internet ainda não é massificada”, adianta Bernardes.

A consulta pública – que vai até o dia 17 de novembro – também especifica que o MCTIC é o responsável pela formação de mão de obra capacitada. “Não basta dar infraestrutura. O usuário tem de saber usar”, acrescenta.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos