Notícias

Telebrás não descarta entrada de novo sócio

O presidente da Telebrás, Caio Bonilha, disse em entrevista à agência Reuters que não está descartada a entrada de um novo sócio no capital da companhia, sendo que neste caso o governo se manteria no controle. “Não está descartado que novos sócios entrem na Telebrás, embora não seja prioridade no momento”, disse ele.

De acordo com Bonilha, a estatal está concentrada na primeira fase do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), a instalação de infraestrutura. Dentro deste contexto, a companhia procura firmar parcerias para a construção compartilhada de rede, como foi feito com TIM/Intelig e GVT. “Em um primeiro momento, o financiamento é feito pelo Tesouro, mas buscamos parceiros em projetos especiais, como para ampliar o atendimento com fibra óptica”, disse Bonilha. A Telebrás tem um orçamento de R$ 350 milhões e conta com uma equipe de cerca de 200 funcionários.

Ainda na entrevista à Reuters, o executivo afirmou que dentro dos próximos dias mais seis contratos devem ser assinados, sem revelar quais são as empresas contratantes. A expectativa do presidente da Telebrás é que até o final de novembro ou meados de dezembro o backbone do Nordeste e do Sudeste já esteja operacional, o que significaria a possibilidade de atender mais de mil cidades.

Fonte: Teletime