Notícias

Telebrás e elétricas farão parceria para explorar redes do PNBL

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, assinou uma portaria para estabelecer uma parceria estratégica entre a Telebrás e as estatais da área de energia, uma maneira de acelerar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Bernardo afirmou que pretende criar um grupo de trabalho que reunirá técnicos da Telebrás, Eletrobras e dos ministérios. A intenção é explorar melhor as redes de fibras ópticas cedidas pelas companhias elétricas para o programa de universalização da banda larga.

Durante abertura do Congresso ABTA, em São Paulo, o ministro das Comunicações afirmou que o documento já foi enviado ao ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, que também assinará a portaria nos próximos dias. “Eles são parceiros importantes neste projeto, então, se trabalharmos juntos, poderemos ganhar tempo acelerando este processo”, disse Paulo Bernardo. Segundo ele, a Telebrás ficará responsável pela comercialização da capacidade da rede aos provedores de Internet, enquanto as elétricas cuidariam da parte operacional. “Eles iluminam e a Telebrás vende”, completa. A primeira parceria já havia sido celebrada com a Eletronorte. Agora o acordo se estende a outras empresas estatais de energia.

Fonte: Teletime

Próximos Eventos