+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Tablets fabricados no Brasil terão índice elevado de nacionalização

A produção de tablets no Brasil terá forte nacionalização. O Processo Produtivo Básico (PPB) sobre a fabricação dos equipamentos determina, por exemplo, que 50% dos componentes do display (tela) dos aparelhos sejam nacionais a partir de 2012.

“A exigência de conteúdo nacional é bem pesada. É mais forte do que a que prevista atualmente para notebooks em geral. É uma meta pesada que as fábricas vão ter de perseguir”, disse o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

De acordo com ele, em cerca de três ou quatro anos, o Brasil será o primeiro país fora da Ásia que terá produção de displays, hoje restrita ao Japão, Coreia e China. Já o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante destacou que, em três anos, 80% dos componentes dos tablets terão que ser produzidos aqui. “Nós vamos tentar trazer a indústria de semicondutores, que nós não temos e só 20 países no mundo fazem.”, complementou.

Em carta à presidenta Dilma Rousseff, a empresa Foxconn, da China (Taiwan), assumiu o compromisso de instalar uma fábrica de produção de tablets no Brasil e investir US$ 12 bilhões em cinco anos. A empresa tem a intenção de antecipar de novembro para julho a produção de iPhones e iPads no Brasil.

A companhia chinesa já tem uma lista de cidades candidatas a receber a fábrica, disse o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. “A nossa equipe técnica vai começar a analisar [a lista] a partir de agora”, revelou. Segundo ele, as cidades candidatas a receber a planta chinesa precisam oferecer infraestrutura específica para a atividade. “É uma área de 50 quilômetros quadrados. Tem que ter estrada, aeroporto internacional, banda larga e muita energia”, enfatizou.

Além disso, a escolha do local levará em consideração acordos políticos. “Depende também de negociação com governadores”, completou. A instalação da fábrica, que chamou de “cidade inteligente”, significa um passo importante no processo de transferência tecnológica para o Brasil. Ao que tudo indica, de acordo com rumores, a cidade que receberá a fábrica da Foxconn que produzirá os iPads será Jundiaí, no interior de São Paulo.Fonte TI Inside

Compartilhe:

    Próximos Eventos