+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Sistema de Ciência e Tecnologia no Amazonas ganha apoio de ministro

Alavancar a cadeia produtiva do pescado e priorizar a inovação tecnológica por meio de pesquisas que gerem renda e empregos à população da região amazônica, estes foram os principais temas tratados hoje pela manhã (25/01) durante a reunião entre o governador do Amazonas e o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, em visita a Manaus.

A reunião, que contou ainda com as presenças do secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Odenildo Sena, do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Adalberto Val, e outras autoridades, serviu para alinhavar as ações do Ministério com o Sistema Estadual de Ciência e Tecnologia,  formado pela SECT, FAPEAM, UEA e Cetam.

Aloizio Mercadante destacou o interesse em investir nas pesquisas  que tragam retorno à população, priorizando iniciativas voltadas para inovação tecnológica e incremento no processo produtivo de produtos regionais que possam gerar renda e emprego para a região.

“Nossa intenção é olhar para os processos produtivos e de trabalho de produtos como a juta, malva, castanha, enfim, modernizando estas práticas como novas tecnologias. Para isso haverá investimento em pesquisas nestas áreas” afirmou.

Outros dois pontos destacados pelo governador Omar Aziz, e que vão contar com o apoio do ministério, são a criação da Cidade Universitária, da Universidade do Estado do Amazonas, que vai reunir os cursos em um local com estrutura apropriada a uma universidade do porte da UEA, e a tranformação da Reserva Duck, do Inpa, em um jardim botânico de alto nível,  que deverá estar pronto até 2014.

O ministro recebeu das mãos do secretário de C&T, Odenildo Sena, o catálogo elaborado pela FAPEAM que traz 37 experiências bem sucedidas de pesquisas financiadas pelo Estado, que geraram produtos ou resultados práticos em parceria com empresas. Iniciativa que deve ser incentivada nos próximos anos.

O governador fez questão de convidar o ministro para outras visitas ao Estado para que possa conhecer outras iniciativas positivas, como a inauguração de duas indústrias de processamento de pescado em municípios do interior.

Encontro positivo

Sena considerou positiva a iniciativa do ministro em iniciar suas viagens exatamente pelo Amazonas e pela Amazônia, o que, segundo ele, gera uma série de expectativas, por conta das falas do ministro, indo ao encontro das perspectivas e das expectativas da região.

Ele citou, como exemplo disso, a preocupação do ministro com a formação de recursos humanos, que é um desafio para o estado do  Amazonas. “ A preocupação dele está em agilizar a formação de recursos humanos em áreas estratégicas para o Estado, o que tem também sido uma preocupação nossa, e em resolver de uma vez por todas a questão da personalidade jurídica do CBA, que é da mais alta relevância para o Amazonas. Tudo isso é de extrema importância hoje”, destacou Sena.

Ainda segundo o secretário, a SECT é hoje uma grande articuladora do Sistema Estadual de Ciência e Tecnologia, e não só apenas do sistema público. Por conta disso, está sendo montado um grande plano de ação para os próximos quatro anos que em breve será apresentado à sociedade com as metas concretas a serem cumpridas anualmente.

“Eu penso que a vinda do ministro aqui a Manaus abriu um valioso canal de negociação e de interlocução. Isso é tudo de que nós precisamos , para que nos próximos anos, com a participação efetiva do governo do estado e do governo federal, por meio do MCT, possamos alavancar ainda mais  a Ciência, a Tecnologia e a Inovação no Amazonas.

Fonte: Portal SCT/AM de 25/01/2011

Compartilhe:

    Próximos Eventos