Destaques

Setor de tecnologia reúne maior número de vagas e também dificuldade de encontrar profissionais qualificados

Carreiras digitais são o futuro do mercado de trabalho. Mas será que dá para esperar o futuro para começar a buscar qualificação? De acordo com a Digital House, hub de educação para a formação de profissionais de alta performance para o mercado digital, o futuro é agora e quanto mais as pessoas deixarem para depois, mais oportunidades serão perdidas.

A área de tecnologia é a que mais tem sofrido os reflexos dessa falta de preparação e, apesar de oferecer muitas vagas, tem grande dificuldade para contratar pessoas, principalmente para atuar com segurança de dados, business intelligence, integração em nuvem, desenvolvimento de aplicativos, inteligência artificial e internet das coisas, entre outros.

De acordo com o diretor acadêmico da Digital House, Edney Souza, todo dia surgem profissões novas, tecnologias novas, e o comportamento do mercado e dos consumidores muda em função da introdução dessas novas tecnologias.

Confira abaixo a lista com as 10 áreas que mais têm encontrado dificuldade para contratar, de acordo com o relatório State of the CIO do IDG.

1) Gerenciamento de segurança/ risco
2) Inteligência de negócios e análise de dados
3) Integração na nuvem
4) Desenvolvimento de aplicativos
5) Software empresarial (ERP, CRM)
6) Inteligência Artificial (IA)
7) DevOps/processos ágeis
8) Internet das Coisas (dispositivos conectados, sensores)
9) Arquitetura Corporativa
10) Serviços em nuvem

Essa escassez de profissionais qualificados para o mercado digital no geral, que possui cerca de 250 mil postos não preenchidos só no Brasil – pode ser uma boa oportunidade para quem quer mudar de carreira.

Já para as empresas, analiticamente para fazer parte dessa revolução é necessário não apenas conhecer os principais conceitos que se inserem em um processo de desenvolvimento de projetos digitais, mas saber como implementá-los para alterar a escala de seus negócios.

Fonte: TI Inside

Próximos Eventos