Destaques

Sete pesquisadoras brasileiras levam prêmio Para Mulheres na Ciência

Sete jovens mulheres pesquisadoras brasileiras foram escolhidas para receber o prêmio Para mulheres na Ciência em reconhecimento pelos seus trabalhos. A iniciativa que está em sua décima terceira edição vai premiar cada pesquisadora com uma verba de R$ 50 mil para que elas possam aplicar em suas pesquisas.

A premiação abrange quatro áreas do conhecimento  Ciências da Vida, Matemática, Química e Física.

Todas as agraciadas nesta edição são pesquisadoras de universidades públicas. Uma delas é a médica Fernanda Cruz, especialista em medicina regenerativa e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sua atividade acadêmica é voltada para o tratamento de doenças respiratórias.

A edição 2018 bateu recorde de inscrições: 524. 34% a mais que em 2017.

Um número que mostra, por um lado, a quantidade expressiva de jovens mulheres fazendo ciência no Brasil,  mas por outro, como conta Fernanda evidencia a queda ano financiamento para esses trabalhos .

Além de Fernanda, foram premiadas em ciências da vida as pesquisadoras Ethel Willhem, da Universidade Federal de Pelotas e Angélica Vieira, da Universiade Federal de Minas Gerais.

Na área de Física, a vencedora é Jaqueline Soares, da Universidade Federal de Ouro Preto, em Matemática, Luma Lomanaco, da USP e em química, Natalia Lima, da Universsidade Federal de Pernambuco.

Em suas 13 edições, o Prêmio Para Mulheres na Ciência, promovido pela Loreal e a Academia Brasileira de Ciências, com o apoio da Unesco já agraciou 82 pesquisadoras.

Fonte: EBC

Próximos Eventos