+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Semana Nacional de C&T é sucesso de mobilização em todo o País

O evento mobilizou mais de 600 municípios, que realizaram cerca de 23 mil atividades ligadas à ciência e tecnologia. Só no DF, 40 mil estudantes visitaram o espaço.

A grande mobilização de escolas e instituições de pesquisa em todo o País marcou a realização da nona edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que terminou neste domingo (21). Mais de 23 mil atividades foram cadastradas no site oficial do evento coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Em 2011, foram realizadas 16 mil ações. O recorde, neste ano, consolida a tendência de crescimento desde a primeira edição, em 2004, quando foram promovidas 1.800 iniciativas.

Na avaliação do secretário de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social (Secis/MCTI), Eliezer Pacheco, o evento superou todas as expectativas, com a mobilização de mais de 800 instituições e 600 municípios em todos os estados da federação e no Distrito Federal.

O titular da Secis atribuiu o resultado positivo ao esforço dos expositores envolvidos. “Nós tivemos uma adesão muito grande. São milhares de expositores em todo o País, entre instituições científicas e educacionais. Na verdade, são eles que fazem a semana. Sem essa participação, nós não teríamos a capacidade de realizar uma semana com a expressividade que tivemos neste ano”, avaliou.

Eliezer Pacheco destacou a importância também da participação dos estudantes nos eventos da SNCT, inclusive no sábado e no domingo, como foi verificado em Brasília, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade (ExpoBrasília). “Isso demonstra o interesse, especialmente da juventude brasileira, pela pesquisa, pela tecnologia e pela ciência de forma geral”.

Para Pacheco, a mobilização em torno do evento reflete, de forma significativa, o momento que o Brasil está vivendo, na busca pelo desenvolvimento democrático, soberano e inclusivo. “O brasileiro é otimista e acredita no futuro. Temos a convicção de que a ciência e a tecnologia podem, e devem, nos ajudar a tornar este país, cada vez mais, uma potência diferenciada em relação às demais nações do mundo. Uma potência preocupada com a inclusão, com a sustentabilidade, com a erradicação da miséria e com a solidariedade entre os povos”, disse.

Grande parte das atividades concentrou-se entre os dias 15 e 21 de outubro. No entanto, alguns estados antecederam ou irão, ainda, realizar eventos relacionados à semana até o final do ano, como é o caso de Santa Catarina (SC) e Amapá (AP). As regiões Norte e Sudeste do País se destacaram no número de atividades programadas para esta edição, em especial os estados de Rondônia (4.372), Amazonas (3.891), Minas Gerais (3.323) e Rio de Janeiro (2.505).

“Ainda somos um dos países mais desiguais do planeta. Só podemos superar esta situação através da divulgação da ciência a favor de todos. Mais produção de alimentos, mais tecnologia limpa e que não destrua o ambiente natural. A ciência é aliada de um país que quer o desenvolvimento democrático”, explica.

A Semana

Decreto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de 9 de junho de 2004, estabeleceu a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, a ser comemorada, anualmente, no mês de outubro. Popularizar a ciência, mostrar sua importância ao desenvolvimento do país, além de incentivar a população a valorizar a criatividade, a atitude científica e a inovação, são os principais objetivos do evento, que é realizado, em todo o País, sob a coordenação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e com a colaboração de entidades e instituições de ensino e pesquisa.

Como ocorre a cada ano, as ações são promovidas em torno de uma temática de importância social. O tema “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza” foi escolhido para 2012, em sintonia com as discussões da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), promovida pela ONU em junho deste ano, no Brasil. A Assembleia-Geral das Nações Unidas também declarou 2012  o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos.

Para o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, o tripé temático abordado na 9ª SNCT representa o grande desafio da ciência brasileira hoje. Contemplados os três pontos, afirmou, “vamos nos conduzir inevitavelmente para os horizontes do desenvolvimento sustentável”.

Visite o site da SNCT 2012: http://semanact.mct.gov.br/

Fonte: Ascom do MCTI

Próximos Eventos