+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Sectec e Fapema definem linhas de ação para 2011

O secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico (Sectec), João Bernardo Bringel, esteve, na tarde desta quarta-feira (5), na Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), onde se reuniu com a diretora-presidente da Fundação, Rosane Nassar Meireles Guerra, e com os coordenadores de todos os setores do órgão. O objetivo da visita foi conhecer melhor o funcionamento do órgão e definir linhas de ação que devem ser colocadas em prática em curto prazo.

João Bringel disse que avançar na área de ciência, tecnologia e inovação é a chave para o desenvolvimento do estado. Um dos principais pontos discutidos na reunião foi a instalação do Conselho de Administração da Fapema que, segundo ele, precisa passar por algumas alterações na composição para que possa responder ao objetivo proposto. Ele sugeriu, ainda, a criação de um comitê executivo para dar celeridade as discussões nesta área.

Uma das competências do Conselho é definir políticas, prioridades e as grandes ações que deverão ser adotadas pela Fundação, em consonância com as decisões do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concit).
Investimentos

Durante a reunião, Rosane Guerra entregou ao secretário o relatório de atividades da Fapema em 2010, mostrou o organograma do órgão e falou sobre as parcerias estaduais e federais para ampliar os recursos investidos em ciência e tecnologia no Maranhão.

“Em 2009, estas parcerias resultaram na captação de R$ 81 milhões, que somados aos recursos estaduais totalizaram R$ 90 milhões em investimentos. Em 2010, foram captados R$ 157 milhões sendo o investimento estadual de R$ 6,5 milhões, o que mostra um incremento na capacitação de recursos externos”, mostrou a presidente.

Esta é a segunda visita do secretário ao órgão que é vinculado à Sectec e tem como objetivo estimular a ciência e a tecnologia no Maranhão, proporcionando aos pesquisadores maranhenses condições para a realização de projetos de pesquisa e intermediando a transformação do conhecimento científico em instrumento capaz de contribuir para a redução das assimetrias sociais.

A primeira visita foi na segunda-feira (3), quando se reuniu, reservadamente, com a diretora presidente da Fundação e com o reitor da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), José Augusto Oliveira.
Fonte: ASCOM/SECTEC(MA) 10/01/2011

Compartilhe:

    Próximos Eventos