+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Notícias

Secretário de C&T do Paraná discute parcerias com a secretaria de Indústria e Comércio

Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) pretende apoiar chamada da Fiep para estimular inovação nas empresas

Na última sexta-feira (21/1) o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Alípio Leal, recebeu a visita do secretário de Estado da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros. A reunião foi um primeiro contato para a integração entre as duas secretarias.

No encontro foram tratados assuntos ligados ao funcionamento do Hospital Universitário de Maringá e sua relevância para a região. “Venho reforçar a importância de investir no HU, que é do governo do estado, e atende a mais de 120 municípios da região”, disse Ricardo Barros.

Outro assunto discutido na reunião foi a instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifet) no município de Sarandi. Segundo o secretário Ricardo Barros, a região precisa dessa escola para melhorar as oportunidades para a população de Sarandi e de cidades próximas. “Temos um grande centro universitário em Maringá, mas é fundamental o Ifet para o ensino tecnológico e a formação de mão de obra técnica para a região”, comentou.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, garantiu apoio ao projeto e disse que não irá medir esforços para que a região de Sarandi conte com esse centro educacional que irá ajudar no fortalecimento e desenvolvimento da economia de toda a região.

Fiep

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) estudam parcerias que promovam o desenvolvimento paranaense por meio da inovação. Também na semana passada, Alípio Leal recebeu o diretor de Inovação do Sistema Fiep, Filipe Miguel Cassapo.

Além de apresentar o Centro Internacional de Inovação – instituição criada em 2009 com a finalidade de ser uma concessionária de inovação e articulação de produtos e serviços – , Cassapo falou sobre a Chamada CNI/Sebrae, que convoca as Federações Estaduais de Indústrias para apresentar projetos de Mobilização das Micro e Pequenas Empresas (MPE) Industriais para Inovação.

A chamada prevê financiamento de atividades, como eventos de mobilização, capacitação, consultoria, assessoria e outros, com objetivo de criar planos de gestão da inovação às empresas. A contrapartida por parte dos empresários seria de apenas de 10%. A expectativa é atender mais de 700 empresas.

Para Alípio, iniciativas como essa são muito promissoras. “O Brasil está se preparando para um novo momento de desenvolvimento e, se não realizar ações como essa, não haverá sustentabilidade. É necessário aproximar, otimizar e aproveitar recursos e tecnologias”, defendeu.

O diretor de Inovação do Sistema Fiep explicou que a intenção é que a Seti apoie a chamada institucionalmente, através da aproximação com as universidades e os institutos de pesquisa, além da viabilização de ações junto à Fundação Araucária e ao Fundo Paraná. “É importante que haja a parceria entre diversas instituições para que a inovação torne-se, de fato, algo eficiente”, disse.

(Informações da Secti/PR)

Compartilhe:

    Próximos Eventos