Notícias

Secretaria de C&T do CE apresenta plano para os próximos 10 anos

Com foco no estímulo a inovação tecnológica no Ceará, a Secretária de Ciência e Tecnologia (C&T) quer uma parcela dos valores do Produto Interno Bruto (PIB) para aplicar em ciência e tecnologia.

Essa é uma das medidas que constam da versão preliminar do Plano de Ação em C,T&I para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará, conhecido como Plano de Ação 2011 – 2020, a ser apresentado amanhã (13) à comunidade acadêmica, na Cidade dos Funcionários (Funcap), em Fortaleza.

Hoje, os recursos estaduais disponíveis à área de ciência e tecnologia são provenientes de 2% da receita bruta do estado, incluindo outras fontes, salientou o secretário-adjunto da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, Almir Bittencourt. Para este ano, a previsão é de serem aplicados R$ 500 milhões nessa área, o equivalente a 2% da receita estadual. Para ele, a medição dos recursos pelo PIB deve elevar os valores destinados à ciência, tecnologia e inovação da região cearense.

“Uma meta proposta no Plano é de se alcançar em 2020 a aplicação de 2% do PIB do Ceará em CT&I”, disse Bittencourt ao Jornal da Ciência. O PIB do Ceará em 2010 foi de 74,9 bilhões.

Segundo a Secretaria de C&T, a proposta do Plano busca refletir “as relevantes” percepções e contribuições de diversos segmentos da sociedade quanto ao papel transformador “exercido pelo tripé” ciência, tecnologia e inovação na melhoria das condições de vida do ser humano e de sustentabilidade do meio ambiente. Na prática, a proposta aborda um conjunto de propostas emanadas de encontros regionais, conferências, diretrizes nacionais e do governo estadual sobre ciência, tecnologia e inovação nos últimos anos.

Fonte: Jornal da Ciência

Próximos Eventos