+55 (61) 9 7400-2446

Notícias

Rede nacional para o PNBL está entre as mais modernas do mundo

Até o final deste ano a Telebras deve concluir a implantação em Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro dos equipamentos de alta velocidade que viabilizarão as saídas de internet conectando a rede nacional de telecomunicações (backbone) às demais redes em operação no Brasil e no mundo.

Em Brasília esta implementação já foi finalizada e no início do próximo ano chegará também a Porto Alegre, completando as cinco capitais brasileiras que hospedarão os mais robustos equipamentos de rede para saída de internet.

Segundo o presidente da Telebras, Caio Bonilha, essa infraestrutura está entre as mais modernas do mundo e é utilizada por grandes provedores internacionais. Ele destaca que o núcleo central da rede (Core) é composto por equipamentos, serviços com altos índices de capacidade e funcionalidades avançadas que permitirão alta disponibilidade aos provedores de internet e empresas parceiros da Telebras.

Os equipamentos que compõe a rede nacional de telecomunicações são da linha CRS-3 e ASR9k da Cisco. O primeiro possui uma capacidade de comutação de até 2,4 Tbps e, o segundo, de até 3,2 Tbps.

Bonilha lembra que a rede está pronta para ampliar a capacidade de transmissão, de acordo com a evolução da demanda, podendo chegar a enlaces de 100 Gbps nos equipamentos do Core IP. De acordo com o presidente da Telebras, essa abordagem coloca a empresa em um seleto grupo de provedores com tal recurso.

“A rede da Telebras começa a operar já preparada para atender a demanda crescente do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e de transmissão de conteúdos multimídia”, salienta Bonilha. Ele acrescenta que a empresa também se antecipou ao esgotamento dos endereços IPv4 e que a sua rede está tecnicamente adaptada ao sistema de endereçamento IPv6.

Fonte: Ascom Telebras.

Próximos Eventos