Notícias

Projeto do MCT pode facilitar a concessão de bolsas no Reino Unido

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, solicitou ao governo britânico no último dia 11/05, em reunião realizada em Brasília (DF), regras diferenciadas para a concessão de bolsas de estudos para os pesquisadores brasileiros. A proposta é que não sejam cobradas, por exemplo, as taxas universitárias. O projeto foi apresentado ao conselheiro-chefe para Assuntos Científicos do Governo Britânico, John Beddington.

O objetivo da reunião foi aprofundar a cooperação em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) entre os dois países, uma relação que já promoveu a realização de trabalhos conjuntos nas áreas de meio ambiente, inclusão social, saúde, entre outras.

Desde 2000, o Brasil possuiu um acordo básico de C&T com o Reino Unido e em 2006 foi adotado um plano de ação bilateral neste setor. Entre os resultados é possível destacar os benefícios econômicos registrados nos dois países. Instituições britânicas têm auxiliado na formação de empresas de alta tecnologia a partir de universidades brasileiras e ajudado a licenciar tecnologia brasileira em outros países.

Nova parceria
Ainda no encontro foi firmado um convênio entre o CNPq e o Biotechnology and Biological Sciences Research Council (BBSRC), para o apoio a projetos conjuntos de pesquisa nas áreas de segurança alimentar, bioenergia e pesquisa industrial. A previsão é de que os editais sejam lançados em 2012.

Fonte: Gestão C&T