Notícias

Produção local de tablet tem mais 4 projetos aprovados

Os ministérios da Ciência e Tecnologia, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e da Fazenda, oficializaram hoje a aprovação de mais quatro projetos de fabricação de tablets no país. As iniciativas em questão contarão com os benefícios fiscais descritos no Processo Produtivo Básico (PPB), publicado no início de junho.

O Diário Oficial de hoje traz a aprovação dos projetos da Positivo Informática, Motorola, MXT e Aiox. Até então, já tinham sido aprovados os projetos da Digibras (braço de informática da CCE), Gradiente e Greenworld.

Para se enquadrar ao PPB, a fabricação de tablets no Brasil vai demandar o uso de componentes produzidos localmente em proporções que variam entre 20% e 95%. As quantidades terão evoluções progressivas até 2014.

Entre os componentes que terão algum nível de nacionalização estão telas sensíveis ao toque, placas-mãe e placas de  comunicação sem fio.

Fonte: Valor Econômico

Próximos Eventos