Destaques

Procura por estágio em jogos eletrônicos cresce 13% no Brasil

Em cenário de desemprego alto, especialmente entre jovens, cresce a procura por cursos profissionalizantes (70%, segundo o Ministério da Educação) e também por estágios. E um dos destaques é a indústria de ‘games’, jogos eletrônicos, que abriu 13,4% mais vagas no primeiro semestre deste ano.

Entre janeiro e junho deste 2018, as vagas para estágios em entretenimento digital cresceram 13,4% no país, passando de 178.992 no primeiro semestre de 2017 para 203.062 no primeiro semestre deste ano.  O país tem atualmente 369.389 estagiários contratados, com taxa de 44% de contratação posterior, quando o estudante se forma.

São Paulo foi o estado brasileiro com maior número de vagas ofertadas, com 44.881 em janeiro e fevereiro deste ano. Foram 6.965 a mais que o resultado de igual período em 2017, quando foram abertos 37.916 postos no Sistema Nacional de Emprego. Em segundo lugar aparece o Paraná, com 31.508 vagas cadastradas no sistema, seguido do Rio Grande do Sul (+16.424), Rio de Janeiro (+9.690), Ceará (+9.394) e Bahia (+7.744).

Levantamento da empresa de pesquisas Newzoo indica que o Brasil tem mais de 66 milhões de jogadores e que o mercado de ‘games’ gira próximo a R$ 5 bilhões por ano, o que deixa o país em 13º no ranking global e primeiro um entre os latino-americanos. Para este ano, segundo a pesquisa, serão 75,7 milhões de gamers que devem gerar R$ 6 bilhões em negócios.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos