Notícias

Parlamentares rejeitam o uso do FNDCT para CVTs

liderança do governo no Senado Federal não aceitou a proposta de transferir recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para o Fundo de Extensão da Educação Profissional (FEEP). Este instrumento será criado para fortalecer os centros vocacionais tecnológicos (CVTs) e o projeto original prevê o remanejamento de 1,5% dos recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e de 5% do FNDCT.

A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do deputado federal Ariosto Holanda (PSB-CE), criador do Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 120 que propõe a criação do FEEP. De acordo com o parlamentar, os interlocutores do governo disseram que o mérito do FEEP é muito bom, mas querem outra fonte que não seja o FNCDT, posição também defendida pela Finep, que administra o fundo.

Uma alternativa para injetar recursos no FEEP já está sendo negociada pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. A ideia defendida pelo ministro é utilizar verba do Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica (Pronatec) e para tanto já está em contato com o ministro da Educação, Fernando Haddad.

Modelo
Na última quinta-feira (14), Ariosto participou de reunião no MCT para discutir os modelos de CTVS. Segundo ele, ficou acertado a divisão em três grupos, tendo como base o porte dessas unidades. A proposta é, de acordo com o parlamentar, facilitar a alocação de emendas no orçamento da União no ministério para financiar os novos centros.

Fonte Gestão C&T com informações de Flamínio Araripe

 

Próximos Eventos